Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

19/11/2007 - Diário da Serra Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homens são presos em Tangará acusados de estelionato

Por: Lucélia Andrade


Um fato que aconteceu na última semana em Tangará da Serra chamou a atenção da polícia, alertando a população para casos como estes no município. Durante a última semana foram entregues panfletos em vários bairros da cidade, onde o mesmo oferecia cursos em diversas áreas, tais como informática, administrativa, contabilidade, telemarketing, vendas, turismo e hotelaria. Estes cursos seriam realizados em uma escola de informática localizada no centro da cidade. Através de um aerograma, entregues em alguns bairros, informava que determinadas residências haviam sido pré-selecionadas para participarem do curso. No aerograma constava que os cursos oferecidos faziam parte do Movimento Nacional pelo Emprego, e que o aluno ganharia um benefício mensal no valor de R$ 40 para realizar um dos cursos. Nele citava que a empresa seria de São Paulo. Além disso outras informações equivocadas constavam no panfleto o que supostamente trataria-se de uma fraude. Uma escola da cidade, foi utilizada para a realização das inscrições, porém a diretora da escola não sabia a procedência dos cursos, sendo apenas informada de que o espaço seria utilizado para a realização de uma palestra. Devido a estes fatores e outros a polícia tomou conhecimento do fato, e prendeu na manhã do último sábado dois suspeitos de estelionato, Valdeci Raul Borges Ferreira e André Alves Pascoal.

De acordo com o delegado de polícia, Cláudio Freez, algumas pessoas chegaram a pagar o valor de R$ 49,90 que segundo os acusados tratava-se do valor do curso. Freez informa que diante dos fatos, foi verificado algumas irregularidades no contrato onde o mesmo não informava o número da carga horária do curso, nem quais seriam os cursos oferecidos. Ele destaca também que a escola de informática também será indiciada. Cerca de 29 pessoas caíram neste golpe.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1670 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal