Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/11/2007 - Alagoas em Tempo Real Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Tuma: força-tarefa coibirá lavagem de dinheiro no futebol


O secretário Nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, disse que a criação de um grupo encarregado de coibir a lavagem de dinheiro no futebol brasileiro é prioridade. "Vamos montar um diagnóstico da lavagem de dinheiro no futebol e depois fazer as ações", disse o secretário.

Segundo ele, a forma de operação será discutida e iniciada após o encontro da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla), que será realizado entre os dias 28 e 30 de novembro, em Itaipava, no Rio de Janeiro.

O grupo será integrado pelo Ministério da Justiça, pelo Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI), pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), entre outros órgãos ligados ao Enccla.

De acordo com Tuma Júnior, o núcleo também vai investigar irregularidades em ONGs e em processos eleitorais. "Os trabalhos devem ocorrer na forma de força-tarefa. Vamos definir quais trabalhos serão realizados e mobilizar os órgãos da melhor forma possível para obter resultados", afirmou.

O secretário disse que o Ministério da Justiça tem um levantamento preliminar dos valores da lavagem de dinheiro no futebol brasileiro, mas que a divulgação dos dados pode atrapalhar as investigações. "Vamos trabalhar de acordo com a demanda, mas nesse momento a prioridade é o futebol", afirmou.

Segundo Tuma Júnior, o futebol profissional que tem sido alvo freqüente de denúncias em esquemas de ocultação de recursos provenientes de "atividades ilícitas".

Em julho, a Justiça Federal acatou a denúncia feita pelo Ministério Público contra a parceria entre o Corinthians e a empresa MSI. O presidente do clube brasileiro, Alberto Dualib, foi denunciado por lavagem de dinheiro e formação de quadrilha junto com outros supostos envolvidos no esquema irregular.

O empresário iraniano Kia Joorabchian, executivo da parceria, o investidor russo Boris Berezovski e o ex-diretor da MSI Londres, Nojan Bedroud, tiveram suas prisões decretadas, mas não estão no Brasil.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 221 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal