Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/11/2007 - Jornal da Cidade de Bauru Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PM apreende R$ 600,00 em notas falsas

Por: Luciana La Fortezza


Numa patrulha de rotina realizada ontem à noite no Parque Roosevelt, a Polícia Militar (PM) identificou um imóvel onde foram encontrados entre R$ 600,00 e R$ 700,00 em notas falsas. O crime de falsificação de moeda seria praticado há 15 anos, conforme teria relatado João Batista Bueno, 41 anos, aos policiais.

A confissão teria sido feita quando ele foi preso em flagrante. Na casa de Bueno, situada na quadra 7 da rua Luiz de Souza, foram encontradas cédulas de R$ 5,00, R$ 10,00 e R$ 50,00, além de dois dólares. Também foram recolhidos vários documentos como CNHs, RGs, CICs, carteiras de trabalho e títulos de eleitor. Mas até o fechamento desta edição, ainda não era possível confirmar se também eram falsos.

Eles seriam analisados pela Polícia Federal (PF), para onde todo o material foi conduzido. A PM não descarta a possibilidade de tais documentos serem utilizados na abertura de contas, solicitação de empréstimos ou por quem não tem habilitação. Os policiais do Pelotão Norte chegaram ao local depois de abordarem o comerciante Ivo Aparecido Mendonça, na quadra 1 da rua Maria Francisca Pereira.

Ele dirigia um Astra preto de Santo André, placas DMZ 0870. Durante a revista, a guarnição encontrou num bolso da calça dele R$ 300,00 em notas de R$ 5,00. De imediato os policiais perceberam tratar-se de cédulas falsas. O comerciante informou que recebeu o dinheiro em pagamento por um capô que Bueno havia comprado dele nesta semana.

“Eu tinha uma loja de peças, que fechou. Sobraram algumas peças. Eu vendi essa semana e vim pegar (o dinheiro). Para mim pareciam verdadeiras”, comenta ele. Mendonça foi preso em flagrante por adquirir cédulas falsas.

A falsificação das notas de R$ 5,00 era grotesca, conforme a reportagem verificou. Elas eram produzidas em papel cuja textura é conhecida como “casca de ovo”.

Apreensão

O pacote de papel foi recolhido, assim como outros materiais de escritório entre eles estilete, toner, além de dois computadores, dois scanners, dois monitores e uma impressora multiuso.

Todo material foi encaminhado à PF, assim como o Astra, que está com a documentação em ordem, segundo a PM. Quando o veículo foi abordado, Bueno percebeu e tentou fugir pelos fundos da casa.

Mas enquanto a impressora ainda imprimia notas num quarto do imóvel, ele foi detido na avenida Engenheiro Paulo Frontin. Estava com notas de R$ 10,00 falsificadas no bolso. Sua esposa, que estava em casa, foi detida e posteriormente liberada pela Polícia Federal. Como o casal vive numa residência humilde, a polícia desconfia que a produção de cédulas falsas não fosse intensa.

É provável que aproveitassem o período de festas para misturar notas falsas a verdadeiras. Até o fechamento dessa edição, os três ainda eram ouvidos na PF.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 244 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal