Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

18/07/2013 - JC Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Italiano é procurado por suspeita de lavagem de dinheiro na Paraíba

Por: Vanessa Silva


A Polícia Federal na Paraíba cumpre, desde a manhã desta quinta-feira (18), mandados de busca e apreensão e sequestro de bens de um italiano suspeito de comandar um grande esquema de lavagem de dinheiro no estado. De acordo com a assessoria de comunicação da PF, o suspeito possui uma empresa de fachada no ramo da mineração e está foragido. Com a fraude, ele já teria constituído um patrimônio avaliado em mais de R$ 4 milhões somente na Paraíba. O delegado responsável pelas investigações, Fabiano Emídio, suspeita ainda que o crime esteja servindo à máfia italiana.

As investigações do caso apontaram que a empresa fachada do estrangeiro simulava a venda de minérios para o exterior, sobretudo para uma empresa que tem sede na Suíça. A Polícia Internacional (Interpol), que deu auxílio ao inquérito, levantou informações de que a tal empresa suíça é comandada também por italianos. Eles, por sua vez, teriam remetido grandes quantias em dinheiro para o Brasil com a justificativa da compra de minério.

O dinheiro teria entrado no Brasil pela Paraíba, mediante contratos de câmbio falsos. Em território nacional, o dinheiro foi investido em nome de laranjas em empreendimentos na Paraíba, no Mato Grosso do Sul, em Brasília e no Rio de Janeiro. Em todas essas cidades, a Polícia Federal cumpre mandados expedidos pela Justiça Federal na Paraíba. A estimativa é de que aproximadamente R$ 10 milhões sejam sequestrados nesta quarta-feira, entre bens móveis e imóveis pertencentes ao italiano.

De acordo com o delegado Fábio Emídio, a Interpol está ajudando a polícia brasileira a levantar informações sobre o paradeiro do suspeito. Há indícios de que o italiano ainda esteja no Brasil. Ainda segundo o delegado, ele não será preso à princípio, porque o mandado é apenas de busca e apreensão. Na segunda etapa do inquérito, porém, caso a Justiça julgue necessário expedir um mandado de prisão, é que o suspeito pode ser detido.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 212 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal