Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

17/07/2013 - PT Jornal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Maioria das fraudes com cartões bancários sucede na Internet, indica relatório

Por: António Henriques


Há uma queda do número de casos de fraude com cartões bancários, de acordo com um relatório do Banco Central Europeu (BCE), que compara valores de 2007 a 2011. As transações na Internet são o principal veículo das burlas que ainda persistem. Portugal está no fundo da tabela dos países com mais casos de fraude.

Segundo o relatório da BCE, as fraudes com cartões bancários, nos 32 países da Área Única de Pagamentos em Euros (SEPA) atingiram, em 2011, 1,16 mil milhões de euros, sendo que mais de metade diz respeito a transações que dispensam a apresentação física do cartão (compras por Internet, por exemplo). Aquele valor representa menos 5,8 por cento do que em 2010.

A tendência de queda do número de fraudes está relacionada com o aumento das condições de segurança dos cartões. Desde logo, a colocação de chips. Esta realidade levou a que as tentativas de fraude fossem ‘deslocalizadas’ para países que não dispõem destas ferramentas de segurança.

Assinale-se que no ano de 2011 cerca de 78 por cento dos casos de fraude com cartões falsificados ocorreu fora do espaço SEPA.

Indica o relatório que, entre 2007 e 2011, houve uma queda de 7,6 por cento no valor das transações fraudulentas. Em paralelo, verificou-se um crescimento do total das transações feitas pelos cidadãos: mais 10,3 pontos percentuais.

No entanto, a fraude com cartões bancários que não são apresentados fisicamente – chamada “card-non-present” – tem apresentado uma trajetória de subida, de 648 milhões de euros, contabilizados em2010, para 655 milhões, no ano seguinte. Trata-se maioritariamente de pagamentos feitos através da Internet, com recurso a cartões de crédito e de débito.

Este relatório foi realizado pelo Eurosistema, que reúne o BCE e os 17 bancos centrais nacionais da Zona Euro. Foram utilizados 25 métodos de pagamento, com cartões usados em 32 países, entre os quais todos os 27 estados-membros da União Europeia.

Portugal é um bom exemplo de boas práticas. Apesar de ser o país onde há mais utilizadores de cartões bancários – uma média de 1,9 por habitante –, está no fundo da tabela dos países com mais casos de fraude, de acordo com este relatório.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 94 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal