Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

18/07/2013 - Diário do Grande ABC Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Filho denuncia a própria mãe por crimes

Por: Rafael Ribeiro


Policiais militares de Santo André prenderam na terça-feira, no bairro Camilópolis, uma mulher de 39 anos que acumulava até quatro passagens anteriores por presídios de São Paulo usando nome e documentos falsos. A denuncia foi pelo próprio filho, de 18, que revelou a falsidade ideológica da mãe.

Com um documento comprado na Bahia em 2007 e usando o nome de Eliana, Elisângela Oliveira dos Santos estava foragida da Justiça desde que saiu do CPP (Centro de Progressão Penitenciária) feminino do Butantã, na Zona Oeste da Capital, há dois meses para o indulto de Dia das Mães.

Ao avistar a viatura, ela tentou correr para dentro do imóvel, mas foi capturada. Para provar sua inocência, mostrou identidade, carteira de trabalho, título de eleitor e até um cartão de um banco onde abrira uma conta corrente.

O que não ajudaria muito sua situação, visto que, ao consultarem sua ficha criminal com o nome falso, descobriu-se que ela acumulava quatro passagens anteriores pela polícia, por crimes como tráfico, roubo e furto, sendo julgada e condenada pela Justiça.

Sem alternativas, a mulher teve de contar a verdade aos policiais. Explicou que, após não retornar à cadeia por conta do benefício do indulto em 2007, resolveu viajar para o Nordeste e, na cidade baiana de Jaguarari, conheceu uma pessoa que lhe ofereceu uma identidade.

De posse do documento, ela iniciou a sua nova vida. Mas acabou retornando para a ação criminosa, sendo presa quatro vezes no período em que usou o nome falso. Em todas, seu processo seguiu normalmente nos fóruns sem que houvesse a descoberta da fraude.

Os documentos falsos usados pela acusada foram apreendidos no 2º DP (Utinga), onde o caso foi registrado. Elisângela foi autuada em flagrante, e seria encaminhada de novo para o presídio feminino na Capital.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 255 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal