Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

14/11/2007 - Diário de Natal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quatro acusados de golpe imobiliários foram libertados


As quatro pessoas presas na sexta-feira por terem aplicado o ‘‘golpe da casa própria’’ em cerca de 100 pessoas que compraram imóveis em Parnamirim e na Zona Norte de Natal, foram soltas no sábado por ordem judicial. De acordo com o delegado Fernando Alves, que conduz as investigações, o alvará foi expedido pelo juiz de plantão mas isso não deverá atrapalhar as investigações. ‘‘Todos foram autuados em flagrante por estelionato e formação de quadrilha, e as investigações continuam’’, afirmou.

O crime configurou-se depois que a empresa Ecoplano de propriedade de Kely Cristina da Silva Campos e do irmão dela, Keferson da Silva Campos, vendeu centenas de imóveis na planta sem sequer ser a dona dos terrenos em que seriam construídos.

Quem comandava os negócios era Manoel Ferreira da Silva Pinto Neto, que a polícia considera o líder da quadrilha. Ele, representando a empresa, comprou então os quatro terrenos para construção de condomínios de casas e pagou com um cheque no valor de R$ 107 mil e deu como garantia de pagamento do restante do valor algumas das casas que seriam construídas. O cheque, no nome de Antônio Henrique Nogueira, que também foi preso como integrante do bando, não tinha fundos e portanto o terreno permaneceu com o dono inicial.

Dezenas de pessoas já foram ouvidas na delegacia desde a sexta-feira passada e, de acordo com o delegado, será necessário pelo menos um mês para terminar as oitivas das vítimas. A estimativa é de que o golpe chegue a mais de R$ 1 milhão, uma vez que cada um pagava em média R$ 9 mil, entre entrada, sinal e primeiras parcelas, mas houve quem comprasse o imóvel à vista, algo em torno de R$ 55 mil.

Além disso o delegado disse estar surgindo novidades, que ele ainda não poderia divulgar para não atrapalhar as investigações. ‘‘São algumas situações financeiras obscuras que estão surgindo mas não podemos falar nisso”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 346 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal