Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

12/07/2013 - Jornale Curitiba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso homem do golpe do código de barras

Vírus de computador alterava boletos para dinheiro ser desviado.

Policiais da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas prenderam Maruan Geweh Bukowitz, 23 anos, suspeito de integrar uma quadrilha que desviava pagamento de boleto bancário por meio de adulteração no código de barras.

Segundo a polícia, as investigações começaram há cerca de um mês e durante este período, foi apurado que a quadrilha também tem integrantes em outros estados do país.

A polícia também afirma que eles aplicavam golpes na internet, desviando dinheiro de suas vítimas para contas bancárias criadas com nome falso. Por meio de e-mails, um vírus é espalhado para diversos computadores e quando a vítima utilizada o computador para imprimir um boleto bancário, o vírus altera o código de barras do documento para um código de barras que indica a conta da quadrilha.

As investigações apontam que Bukowitz era o responsável por sacar o dinheiro das contas, se apresentando com nome e documento falso, e alegando ser dono de uma empresa. No momento da abordagem, o suspeito estava com um destes documentos falsos, que contém a foto dele mas nome e informações diferentes.

O delegado que coordenou as investigações, Vinicius Borges Martins, afirma que o que chama a atenção é a organização da quadrilha. "O esquema é muito bem organizado, dificultando a identificação dos envolvidos. Mas não importa quão bem organizado, sempre existe algum rastro por onde a investigação possa se iniciar" diz.

Martins também comenta sobre os prejuízos que a quadrilha causou. "Somente na conta bancária de uma empresa, no período de um mês, verificou-se uma movimentação de aproximadamente R$ 300.000,00, o que permite visualizar a amplitude do golpe" explica.

Bukowitz, que já tinha passagem pela polícia por utilizar dinheiro falso, foi preso e encaminhado ao Setor de Carceragem Temporária da DEDC, onde aguarda decisão da Justiça. As investigações continuam para prender outros suspeitos da quadrilha.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 411 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal