Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

05/07/2013 - R7 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mais de 5.000 podem ter tido documentos usados por quadrilha de estelionatários que agia em SP e no CE

Polícia prendeu 37 suspeitos; patrimônio dos criminosos supera R$ 5 milhões.

Mais de 5.000 pessoas podem ter tido os documentos usados em uma fraude com cheques e cartões de crédito feita por uma quadrilha que agia em São Paulo e no Ceará. A polícia prendeu 37 suspeitos de participar do esquema. Segundo a polícia, o patrimônio dos criminosos supera R$ 5 milhões.

Os golpes começavam na cidade cearense de Itapipoca, a 140 km de Fortaleza. Ali os criminosos conseguiam os documentos usados nos estelionatos. RGs e CPFs eram usados para fazer documentos, cartões de crédito e na abertura de contas em bancos.

Com o dinheiro, a quadrilha comprou vários imóveis no Ceará e em São Paulo. Um mulher e um homem, que são irmãos, são integrantes da quadrilha. O patrimônio dos dois com carros de luxo e apartamentos ultrapassa R$ 5 milhões.

Com os criminosos, foram encontrados centenas de cartões de crédito, documentos falsos e três mil folhas de cheque em branco verdadeiras. A polícia suspeita que gráficas especializadas e até funcionários de bancos estejam envolvidos na fraude, como explica o delegado Breno Fontinelle.

— São pessoas que você vê são de alto padrão em São Paulo, frequetando melhores boates, viagens de cruzeiros. É carro de luxo, festa com uísque, tudo pago para todo mundo.

A delegada Elizabete Sato disse que a quadrilha ainda é responsável pelo assassinato de integrantes, numa espécie de Tribunal da Morte.

— As quadrilhas brigaram entre si, então um integrante de uma quadrilha assassinou o integrante de outra quadrilha.

Mais um caso

Em outro caso, ainda em São Paulo, a polícia prendeu um homem suspeito de outra fraude com cartões de crédito e débito. Ele seria o chefe da quadrilha de estelionatários. Os cartões deveriam chegar aos donos pelos correios, mas era desviados pelo bando, segundo conta o delegado Amadeu Ricardo dos Santos.

— Através de um equipamento eletrônico que ele possuía, ele conseguia ler as trilhas desses cartões, as senhas e efetuava a compra causando prejuízo às vítimas.

Mais de cem cartões foram encontrados com o suspeito que não tinha passagem pela polícia. O número de vítimas e de transações feitas com os cartões ainda não foi calculado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 100 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal