Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

24/06/2013 - Portal Exame Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

EUA embargam Picasso avaliado em mais de US$ 11 milhões

Obra foi retida em nome do governo italiano que a reivindicava por um caso de fraude, informou o Serviço de Imigração e Controle de Alfândegas (ICE).

Washington - O Departamento de Justiça dos Estados Unidos embargou nesta segunda-feira uma obra de Pablo Picasso avaliada em US$ 11,5 milhões em nome do governo italiano que a reivindicava por um caso de fraude, informou o Serviço de Imigração e Controle de Alfândegas (ICE).

A pintura "Compotier et tasse", de 1909, foi retida, em aplicação dos acordos bilaterais entre Estados Unidos e Itália, em Nova York onde, seria vendida.

A Justiça italiana tenta embargar os bens de Gabriella Amati e seu marido Angelo Maj, que foram acusados de desvio de fundos e processo fraudulento de falência em Nápoles.

"O embargo desta valiosa obra de arte é um esforço para recuperar os US$ 44 milhões que este casal roubou dos contribuintes da cidade de Nápoles", afirmou em comunicado o diretor do ICE, John Morton.

"Este é outro exemplo da forte cooperação do Departamento de Justiça com autoridades no mundo todo", declarou o assistente interino do procurador-geral, Mythili Raman.

A pintura faz parte dos primeiros anos da etapa cubista do genial pintor espanhol.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 62 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal