Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

25/06/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mais de 50 são presos em operação que investiga fraude em CNHs, em RO

Por: Vanessa Vasconcelos

Suspeitos atuavam na falsificação de CNHs e fraude em multas. Quadrilha atuava em Rondônia, Acre e Amazonas.

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta segunda-feira (25) a Operação Hidra de Lerna, quando pelo menos 50 pessoas foram presas em Rondônia, Acre e Amazonas suspeitas de participação em um esquema que fraudava emissões de Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs), entre eles cinco servidores do Departamento de Trânsito (Detran) de Rondônia. De acordo com a polícia, além da falsificação de CNHs, uma segunda quadrilha era responsável por tirar do sistema as multas registradas, originando, no período de um ano, prejuízo de mais de R$ 1 milhão nos cofres públicos de Rondônia. Todos os presos estão sendo encaminhados para Porto Velho

As investigações foram comandadas pelo corregedor geral do Detran, o delegado Cristiano Lopes Ferreira, e o titular do Primeiro Departamento de Polícia, Paulo Kakionis. De acordo com Cristiano, as duas quadrilhas atuavam diretamente dentro do Detran, onde funcionários vendiam ‘espelhos’ de CNHs antigas para a confecção do documento falso. “Cada CNH falsa era vendida por até R$ 4 mil”, revela Lopes. As habilitações eram enviadas para todo o estado e ainda para municipios do Acre e Amazonas.

De acordo com o delegado, as investigações iniciaram há cerca de um ano, após a polícia analisar habilitações vindas do interior do estado. “Os peritos detectaram que estes documentos sofreram uma lavagem química, porém era um serviço muito bem feito, difícil de identificar”, explica Cristiano.

A segunda quadrilha era responsável por dar baixa em multas e taxas de veículos no sistema do Detran. Despachantes da capital são suspeitos de intermediar a ação, fazendo o contato com os servidores do órgão para solicitar realização do serviço. “Quem solicitava pagava, em média, a metade do valor da multa”, revela Lopes

A estimativa da polícia é de que, em mais de um ano, período em que as atividades da quadrilha passaram a ser monitoradas, mais de R$ 1 milhão em multas foram fraudados. “A partir de amanhã essas multas voltam a constar no sistema do Detran”, garantiu o delegado.

Cerca de 300 policiais participaram da operação cumprindo os mandados de busca e apreensão e de prisão temporária. Entre os presos está o secretário adjunto da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema). “É imprescindível para as investigações a prisão destes suspeitos no momento”, disse o delegado Paulo Kakionis. Segundo o delegado, drogas, armas, computadores, documentos, veículos e dinheiro estão sendo apreendidos, entretanto a polícia não divulgou a quantidade de mandados que estão sendo cumpridos. De acordo com Kakionis, o balanço da operação será divulgado no final da semana. “As investigações seguem e pode ser que novos fatos surjam e, assim, novas prisões”, finalizou o delegado.

Os suspeitos responderão pelos crimes de formação de quadrilha, corrupção passiva, corrupção ativa, peculato, falsificação de documentos públicos, estelionato e os servidores do Detran sofrerão, ainda, medidas administrativas e serão afastados do cargo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 78 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal