Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

13/11/2007 - Gazeta Digital Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Federal apreende remédios falsos para tratar leucemia

Por: Silvana Ribas


O presidente da Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, (SBHH), Carlos Chiattone disse ontem que é um crime hediondo a falsificação de remédios, porque o consumo de remédio falso, principalmente para pacientes com leucemia, pode levar à morte.
Ele disse isso ao tomar conhecimento da apreensão de lotes falsos do medicamento Glivec, usado para prolongar a vida de portadores de leucemia. A apreensão foi feita hoje (13), pela manhã, pela Policia Federal, no Rio de Janeiro, com base em denúncia da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O Dr. Chiattone, que é chefe da disciplina de Hematologia e Oncologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, acrescentou que o uso de medicamentos falsificados quando não leva à morte “pode criar resistências e provocar mutações graves nas doenças dos pacientes”. No Brasil, um grande número de pessoas usam o medicamento que é liberado somente com receita e acompanhamento médico. O Glivec está na lista de medicamentos de alto custo, e é distribuído pelo Governo.

O "Bulário Eletrônico" da Anvisa informa que “o Glivec bloqueia os processos celulares que fazem com que a medula óssea normal se torne maligna e inibe o crescimento das células leucêmicas. O medicamento também inibe a proliferação e induz a morte das células tumorais do Gist tumor estromal gastrintestinal".

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 249 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal