Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

16/06/2013 - Notícias ao Minuto / Lusa Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude Vende-se peixe ilegal como se fosse bacalhau

De acordo com uma investigação levada a cabo pelo Diário de Notícias, análises laboratoriais mostram que o preparado de bacalhau com natas que podia comprar-se no Jumbo era, afinal, confeccionado com peixe-caracol, cuja venda não é autorizada no País, denuncia o mesmo jornal na edição deste domingo.

Um peixe de venda ilegal está a ser vendido como bacalhau em refeições pré-cozinhadas da marca do Grupo Auchan, que entretanto já mandou retirar os produtos do mercado, revela hoje o Diário de Notícias (DN).

Na sua edição de hoje, o DN revela que, a pedido do jornal, um “laboratório certificado” fez análises a um preparado de bacalhau com natas da marca polegar, comprado no Jumbo, e não identificou qualquer vestígio de bacalhau.

Em vez disso foi encontrada uma espécie de venda não autorizada em Portugal e pouco conhecida chamada peixe-caracol, o que configura uma situação de fraude de mercadorias.

Apesar da ilegalidade, à partida não existe perigo para a saúde pública, segundo os especialistas contactados pelo DN.

Entretanto o Grupo Auchan (detentor das cadeias de supermercados Jumbo e Pão de Açúcar) já retirou o produto de venda e está a proceder a averiguações junto do fornecedor, segundo as garantias que deu ao DN.

O produto em causa é português e a embalagem faz o apelo claro de incentivo ao comércio nacional “Compro o que é nosso”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 133 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal