Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

18/06/2013 - Tribuna da Bahia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Guarani denuncia ex-presidente por estelionato e lavagem de dinheiro


Os bastidores do Guarani voltarão a ficar movimentados nos próximos dias. Tudo isso porque a atual diretoria, comandada por Álvaro Negrão, pediu à Polícia Civil que abra um inquérito contra o ex-presidente do clube, Marcelo Mingone, acusado de estelionato e lavagem de dinheiro.

A ideia é que o ex-dirigente seja investigado por possíveis práticas irregulares enquanto esteve à frente do clube. Uma das ações seria a de negociar promessas das categorias de base; e esquemas decorrentes de atividades ilegais, como corrupção e participação em crimes no litoral paulista.

O documento é objetivo e tenta mostrar às autoridades que Mingone agiu de má fé e abriu no estádio Brinco de Ouro um esquema criminoso voltado ao seu enriquecimento físico. A venda do atacante Bruno Mendes a um grupo de investidores do Rio de Janeiro é colocada como exemplo e que abre precedentes.

Desde que renunciou, de forma covarde, à presidência do Guarani, Mingone está escondido e fora dos holofotes. Caso a Polícia aceite a investigação, ele poderá ter quebra do sigilo bancário, bem como dos seus telefones.

Ainda nesta terça-feira a diretoria do Bugre se pronunciará sobre o inquérito. Provavelmente, Álvaro Negrão, Horlei Sena e Palmeron, todos que assinaram o documento contra Mingone darão suas explicações sobre a ação.

Enquanto isso, o time profissional está em Espirito Santo do Pinhal realizando uma interntemporada até a próxima quinta-feira. Lá o clube espera fazer pelo menos um jogo-treino antes do retorno à Campínas.

Por causa da Copa das Confederações, o Guarani só voltará a campo pela Série C no dia 7 de julho, contra o Caxias, às 10 horas, em Caxias do Sul. O time é terceiro colocado do Grupo B, com quatro pontos ganhos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 141 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal