Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

18/06/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia de Sorocaba prende oito suspeitos de fraudes em licitações

Entre os detidos estão dois ex-prefeitos da região. Quadrilha causou prejuízo de R$ 2 milhões aos cofres públicos, diz polícia.

A Polícia Civil de Sorocaba (SP) prendeu nesta terça-feira (18) oito pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha que praticava fraudes em licitações. Entre os detidos, estão dois ex-prefeitos da região. Carlos Aimar, de Araçariguama (SP), e Dennys Veneri, de Mairinque (SP) são suspeitos de integrar o esquema. A polícia calcula um prejuízo de R$ 2 milhões aos cofres públicos.

De acordo com o delegado seccional de Sorocaba, Marcelo Carriel, as pessoas presas são suspeitas de corrupção passiva, corrupção ativa, formação de quadrilha, falsidade ideológica, tráfico de influências, peculato e lavagem de dinheiro. "Essa investigação já tem mais de 11 meses. Apuramos todos os crimes por meio de vários caminhos, como interceptação, quebra de sigilo bancário e fiscal", explica o delegado.

Ainda segundo o delegado, foi constatado um vínculo entre as pessoas presas, o que caracterizou o crime de formação de quadrilha. "As pessoas fraudavam várias licitações junto às prefeituras, criavam contratos de empresas fictícias para conseguir os contratos junto às prefeituras". Carriel disse que agentes públicos e empresários estavam envolvidos no esquema.

De acordo com a polícia, as pessoas detidas foram levadas para a Cadeia Pública de São Roque (SP). A prisão delas é em caráter temporário, de cinco dias, prorrogável por mais cinco. A polícia não descarta a possibilidade de pedir a prisão preventiva dos suspeitos.

Ao todo, foram nove mandados de prisão, 13 mandados de busca e apreensão em gabinetes e câmaras municipais de Guarulhos, Osasco e Mairinque, onde foram apreendidos documentos e computadores. A previsão é de que em dez dias o inquérito seja encerrado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 179 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal