Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/11/2007 - Correio Braziliense Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia alerta para golpe com venda de carro

Por: Thomaz Pires


A Polícia Civil investiga mais uma modalidade de golpe aplicada no Distrito Federal. A fórmula não é novidade, mas continua a fisgar pessoas desavisadas. A fraude acontece por meio de anúncios, onde são oferecidos produtos com preço abaixo do mercado. O interessado liga para um número e fica seduzido com a oferta. No entanto, precisa fazer um depósito em uma conta como forma de sinal para fechar o negócio. Segundo a polícia, as estatísticas mostram que a prática é crescente na capital.

O vendedor autônomo Cícero Pinheiro foi uma das vítimas do golpe. Interessado em comprar um carro Fiat Uno, ele obteve o telefone de um vendedor, onde era ofertado um veículo de 98. Ao ligar, ficou interessado na proposta. O carro, que possui um preço médio de R$ 18 mil para zero Km, era anunciado a R$ 8mil. O pagamento poderia ser feito em 36 parcelas de R$ 222. No entanto, havia uma exigência. “Tem muita gente interessada. Se quiser fechar negócio tem que dar um sinal como garantia”, observou a voz do outro lado da linha.

Ansioso em fechar negócio, o vendedor de perfume não titubeou. Fez um depósito de R$ 500 na conta, conforme as recomendações. Em seguida, marcou um encontro na cidade do automóvel. Segundo ele, o farsante ainda foi irônico. “Tenha fé em deus que dará tudo certo. Não tem porque se preocupar”, garantiu o estelionatário. A negociação não passou de quatro telefonemas e deixou o vendedor indignado. “Isso é um absurdo. Sou um trabalhador e quero meu dinheiro de volta”, esbravejava.

Cícero fez nesta manhã o registro de ocorrência na 17ª delegacia de polícia (Taguatinga). O delegado chefe, Mauro Aguiar, disse que o fato será investigado. No entanto, acredita que o resgate do dinheiro é uma tarefa difícil. “Em geral são pessoas da cadeia que aplicam esse golpe. Elas contam com apoio de toda uma rede. O resultado do roubo é imediatamente sacado da conta-laranja e repartido”, explica.

De acordo com o delegado, esse é o terceiro golpe aplicado contra pessoas da região em menos de quatro meses. Ele acredita que apesar de todas as recomendações, as vítimas ainda têm a ilusão de que podem fazer um bom negócio.“É preciso ter muito cuidado, pois se houver golpe, a dor de cabeça pode ser ainda maior, já que o estelionatário usa os dados para uso pessoal”, adverte.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 262 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal