Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

11/06/2013 - Africa 21 / Panapress Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ex-primeiro-ministro santomense processado por lavagem de dinheiro

O Partido da Convergência Democrática (PCD, oposição) apresentou uma queixa-crime contra o ex-primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada, por alegada implicação num caso de branqueamento de capital.

São Tomé - O Partido da Convergência Democrática (PCD, oposição) apresentou uma queixa-crime contra o ex-primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada, por alegada implicação num caso de branqueamento de capital, soube-se terça-feira de fonte partidária em São Tomé.

Armindo Aguiar, um dos dirigentes do PCD declarou à imprensa à saída da Procuradoria Geral da República (PGR) que existem "fortes indícios" de lavagem de dinheiro envolvendo o ex-primeiro-ministro Patrice Emery Trovoada e o banco comercial de capitais gaboneses BGFI Bank, instalado na praça financeira do arquipélago.

Ele disse ter pedido que a PGR acione mecanismos para apurar a veracidade dos factos, e sublinhou não ter dúvidas de que "o recibo de transferência em dinheiro vivo no valor de 624 mil e 600 euros, emitido pelo ex-primeiro ministro, e devidamente subscrito tanto por ele como pelo receptor do montante em numerário, é uma autêntica lavagem de dinheiro".

Ao pedido dirigido à PGR, Armindo Aguiar anexou um documento com timbre e selo branco do gabinete do primeiro-ministro e uma suposta assinatura de Patrice Trovoada.

Por seu turno, o partido do ex-primeiro-ministro, Ação Democrática Independente (ADI, oposição), reagiu por intermédio do seu secretário-geral, Levy Nazaré, para desvalorizar a ação como "uma manobra dos assaltantes do poder com objetivo de denegrir e aniquilar Patrice Trovoada".

"Nota-se um conjunto de atos contra uma só pessoa, sabendo eles que Patrice Trovoada é o político, é um líder porque vêm aí as eleições. O objectivo é aniquilar Patrice Trovoada com essas mentiras", sentenciou, acusando os proponentes da ação de terem "medo" da figura do antigo primeiro-ministro e do regresso do partido da oposição ao poder.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 132 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal