Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

13/06/2013 - SEGS Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresas se unem para combater fraudes

Por: Amanda Cruz


As empresas financeiras estão cada vez mais atentas a um problema que assombra desde sempre: as fraudes. Pessoas ou até mesmo quadrilhas especializadas em dar golpes no mercado não faltam. Para amenizar esses problemas as empresas estão investindo em ferramentas tecnológicas desenvolvidas para ceifar esses fraudadores, reduzindo gastos e podendo investir melhor em seus clientes.

A Serasa Experian realizou evento nesta quarta-feira, dia 12, para mostrar seu novo produto, que visa eliminar esse tipo de problema. A Solução Hunter é um programa que possui um banco de dados com a relação de todos os pedidos de crédito. Nele a empresa pode ter o controle de histórico, que ajuda a identificar se a inadimplência se deve a impossibilidade do cliente de arcar com a dívida ou se este se nega a pagá-la.

Richard Fiddis, diretor de estratégia de mercado da Experian no Reino Unido, confirmou que de 10 a 25% das pendências vêm de pessoas que realmente não querem quitar a dívida, que agiram de má fé.

Durante sua palestra, Danny Harvey, responsável global pelo Hunter, apresentou um panorama da ação no Reino Unido, onde o produto já tem seu uso difundido. Antes as atualizações dos cadastros das empresas demoravam um longo período para serem feitas, dificultando a análise dos dados. Hoje as ações são mais rápidas, em casos como o cadastro de pedidos para cartões de crédito, a atualização leva de 3 a 4 dias para ficar pronta.

As empresas que utilizam esse serviço fazem parte de um grupo fechado de usuários. Nele são compartilhadas todas as informações do banco de dados. Isso impede que os fraudadores, ao terem negativa em um banco, por exemplo, recorram a outro para aplicar seus golpes. Com todas as companhias protegidas, ele será reconhecido imediatamente, o que evitará que a fraude se concretize.

Sanjay Chougule, líder global da área de Prevenção ao Crime Financeiro do ICICI Bank, da Índia, contou a utilização do produto no sistema bancário do país. Somado com o crescimento do PIB que ainda é cerca de 5% ao ano e ao grande número de jovens que a Índia possui, além de uma rigorosa regulamentação dos bancos, o Hunters chegou para automatizar o sistema indiano de verificação de pedidos, sendo mais eficiente que o processo manual realizado anteriormente.[1]

Embora concorrentes no setor de vendas, na área de fraudes as empresas devem se unir e compartilhar esses dados. Quem está no grupo possui acesso aos cadastros, todos possuirão, pois as informações são gerais, passadas de empresa a empresa, mas quem não estiver inserido pode não identificar os riscos e acabar tendo prejuízos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 133 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal