Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

14/06/2013 - Alagoas 24 horas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Após denúncias de fraude, concurso da Anvisa é anulado

Por: Danielle Silva


A diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu nesta sexta-feira (14) anular o concurso público para provimento de 314 cargos na agência. O motivo foram os problemas ocorridos durante a realização do certame, realizado no dia 02 de junho, nos estados de Alagoas, Bahia, Rio de Janeiro e no Distrito Federal.

Segundo a agência, todos os candidatos terão que refazer as provas em todo o país. A medida beneficia os candidatos que se sentiram prejudicados pelos problemas operacionais, além de ser uma oportunidades para que se preparem melhor.

A Anvisa afirmou que ainda não há uma previsão de quando o novo exame será realizado. E apesar das reclamações dos candidatos acerca da empresa que realizou as provas, a organização será mantida.

Outra medida adotada pela Anvisa foi acionar a Polícia Federal (PF), que fará a segurança nos locais de prova para evitar novas falhas e tumulto.

Maceió

Em Maceió, um grupo de candidatos ao cargo de técnico em regulação e vigilância procurou a Central de Polícia para fazer um Boletim de Ocorrência e registrar uma falha grave em relação ao gabarito oficial. Segundo os candidatos, havia mais questões nas provas que nos gabaritos. Além disso, alguns envelopes com as provas estavam violados, o que preocupou candidatos.

O grupo de candidatos que fariam as provas de nível médio se negou a continuar no processo seletivo, mas teve que esperar três horas em sala de aula, seguindo as normas da empresa organizadora do certame.

A empresa teria sugerido que os candidatos fizessem as provas e colocassem as respostas das questões na folha de respostas, que seriam corrigidas manualmente.

O concurso da Anvisa oferece 157 vagas para especialista em regulação e vigilância sanitária, 29 vagas para analista administrativo, 100 vagas para técnico em regulação e vigilância sanitária e 28 vagas para técnico administrativo. Os salários variam de R$ 4.760,18 a R$ 10.019,20. Todas as vagas são para Brasília. O concurso recebeu 125.585 inscrições.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 90 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal