Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

08/06/2013 - TVI Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia apanha falsificadores de notas de 50 euros

Trabalhavam em Espanha e Portugal.

A polícia espanhola anunciou ter desmantelado dois grupos dedicados à falsificação de notas de 50 euros de grande qualidade, um dos quais distribuiu mais de 350 mil euros falsos em Espanha e Portugal.

Os grupos foram desmantelados em duas operações da Polícia Nacional, o que permitiu impedir a entrada em circulação de 120 mil euros falsos em notas prontas para serem introduzidas no mercado.
Segundo o Ministério do Interior espanhol, num comunicado citado pela agência Efe, um dos grupos operava desde Madrid e Badajoz e distribuiu no último ano mais de 350.000 euros falsos tanto em Espanha como em Portugal.

A investigação começou em janeiro, quando foi detetada a existência de um grupo que se dedicava a falsificar notas para distribuir no mercado legal nas províncias de Badajoz e Madrid, assim como em Portugal.

O grupo tinha uma estrutura muito definida, com uma clara divisão de tarefas, em que o cabecilha da organização era encarregado de adquirir as notas falsas que posteriormente partilhava com os escalões inferiores do grupo. Quando tinha o dinheiro falso em seu poder, o dirigente fazia-o chegar aos «passadores», pessoas que tinham como função pôr as notas em circulação no mercado legal. Num ano, conseguiram distribuir mais de 352.000 euros, dos quais 67.000 em Portugal.

A investigação levou à detenção de cinco pessoas e à apreensão de cerca de 120.000 euros em notas de 50 prontas para distribuição.

O Centro Nacional de Análise do Banco de Espanha considerou como perigosas duas das falsificações apreendidas devido à sua grande qualidade.

A outra rede tinha em Mérida um centro de produção de notas falsas, com as quais pagava sobretudo em lojas da cidade e outros pontos da província.

Realizada pela Brigada de Investigação do Banco de Espanha e a Unidade Central de Delinquência Especializada e Violenta (UDEV) da polícia de Mérida, esta operação culminou com a detenção de seis pessoas que produziam notas falsas de 50 e 20 euros.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 115 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal