Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

06/06/2013 - administradores.com.br Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

1º artigo da série "Motivos alegados pelo fraudador"

Por: Paul Peter Boilesen

Vejam aqui temos várias definições que nos dão as mais diversas ideias, mas todas convergem ao mesmo ponto. Contabilmente falando, seria o fato gerador para que o fraudador inicie a fraude.

Hoje iniciamos uma nova série de nosso estudo da Fraude: Os motivos alegados pelos fraudadores pelas suas ações

1º ARTIGO DA Série MOTIVOS: DEFINIÇÃO DE MOTIVO

Lembram-se do triangulo da Fraude?

1. Agente

2. Motivo

3. Oportunidade

Na série anterior estudamos o um elemento desses triangulo O AGENTE; e como o triangulo do fogo (calor; combustível e oxigênio), se você isolar um dos três você evita a condição da ocorrência do fogo.

Na fraude ocorre o mesmo; isole um dos três (Agente; Motivo e oportunidade) de ocorrer que a fraude não ocorre.

Vamos estudar o motivo:

MO. TI.VO adj.

1. Que move ou serve para mover.

2. Que é princípio ou origem de alguma coisa.

3. Causa; Razão.

4. Fator de impulsão e direção do comportamento animal ou humano.

Vejam aqui temos várias definições que nos dão as mais diversas ideias, mas todas convergem ao mesmo ponto.

Contabilmente falando; seria o fato gerador para que o fraudador inicie a fraude!

Não sei; mas ainda não estou satisfeito com essa definição.

Todos nós sabemos que o que move o fraudador é a GANÂNCIA.

Portanto, eu estaria propenso a generalizar que o Motivo da fraude seria somente a ganância. Mas existem outros itens que o fraudador usa como motivadores para a sua ação e iremos analisá-los nos próximos dias.

Mas existem outros itens que movem; ou que iniciam; que impulsionam o comportamento do Ignóbil paspalho; como dizia o doutor Zachary Smith do seriado perdidos no espaço.

Mas uma coisa que aprendi nesse meus 37 anos de carreira; é que todos os motivos são fornecidos pela empresa ou pelos seus empregados. Logo não vamos ser simplistas e depositar toda a culpa nos ombros do fraudador.

Mas, não posso me adiantar, vamos seguir entendendo o motivo.

Por exemplo, para o alcoólatra, qualquer coisa é motivo para voltar a beber; e na minha modesta opinião o fraudador ira busacr qualquer motivo para tentar justificar seus atos ai eu digo em voz alta:

EXPLICA MAS NÃO JUSTIFICA!

Srs. Empresário meu conselho a vocês; é que, não deem qualquer motivo aos seus funcionários usarem de desculpas para lhe fraudar.

Já tive um caso que por causa de R$100,00 um funcionário fraudou a empresa em R$4.800,00 em quatro anos. Perceberam 4800/48=100 este numero é familiar?

CUIDADO!

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 123 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal