Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

03/06/2013 - O Dia Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia investiga empresa que seria usada para fazer lavagem de dinheiro

Operação visa apontar o criador da empresa e os crimes praticados pela quadrilha.

Rio - Policiais da Delegacia Fazendária (DELFAZ) realizaram, na manhã desta segunda-feira, operação para cumprir quatro mandados de busca e apreensão em endereços da empresa GAP Comércio e Serviços, que está sendo investigada, desde o ano passado, por ter sido criada por um nome "fantasma", identificado por George Augusto Pereira da Silva.

Agentes da especializada estiveram na sede da GAP, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense e quatro endereços residenciais, na Barra da Tijuca. Nos imóveis, foram apreendidos documentos, computadores, pen drives e mídias com informações que serão analisadas.

De acordo com a delegada Isabela Santoni, da Fazendária, a empresa estaria sendo usada para fazer lavagem de dinheiro. As investigações visam apontar o criador da empresa e os crimes praticados pela quadrilha.

A delegada informou que, os policias estiveram em um imóvel localizado no condomínio Goolden Green, na Barra da Tijuca, que seria de George. Segundo ela, quem reside no local, é o empresário Fernando Trabach Gomes, que possui procurações para administrar os bens da GAP.

Os agentes cumpriram ainda mandados na casa de Fernando Trabach e da mãe dele, Jacira Trabach Pimenta, também na Barra da Tijuca.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 152 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal