Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

29/05/2013 - O Tempo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Com dupla identidade, líder comunitário é preso por estelionato em Contagem

Por: Fernanda Viegas e José Vítor Camilo

Homem chegou a inventar um casamento com uma mulher fictícia, além de declarar imposto de renda e viver com identidade falsa.

Referência para os moradores da comunidade Vila da Paz, no bairro Industrial, em Contagem, o homem conhecido como Tãozinho acabou se revelando um criminoso de mão cheia. A Polícia Civil apresentou, na manhã desta quarta-feira (29), na Delegacia de Mulheres de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, Sebastião Nascimento de Souza, de 57 anos, suspeito de estelionato e de cometer agressão a uma ex-mulher, crime enquadrado na Lei Maria da Penha. Ele tinha vários documentos com um nome falso, e chegou até a inventar um casamento com uma mulher que não existe.

De acordo com a delegada Laise Rodrigues, durante a Operação Impacto, realizada nessa terça-feira (28), foi cumprido mandado de busca e apreensão para apreender uma arma de fogo na casa do homem, já que a mulher supostamente agredida por ele teria dito à polícia que ele a ameaçava com um revólver.

Contudo, em vistoria na residência, além da garrucha calibre 32 e seis balas de diversos calibres, foram encontrados diversos documentos, fotos 3x4 de pessoas diferentes, grande número de históricos escolares e carimbos de instituições de ensino. Havia, também, várias caixas do analgésico dipirona, que ele teria recebido como doação de uma fábrica de medicamento e estaria revendendo ilegalmente. Além disso, a polícia descobriu que ele utilizava RG, CPF, título de eleitor, declaração de Imposto de Renda e tinha uma conta de telefone com um nome falso: Ângelo Sebastião de Souza.

À polícia, Souza alegou que, como é líder comunitário (e teria fundado) da Vila da Paz, alterava as notas e dava os históricos escolares para os moradores arrumarem emprego, mostrando que tinham formação. Ainda informou que comprava os históricos na praça Sete e que os carimbos foram entregues a ele por pessoas que moram na comunidade.

A identidade Ângelo, na verdade, foi criada por ele, como um personagem que ele utilizava. Souza chegou até a inventar um casamento com uma mulher também de nome criado por ele. Com a identidade falsa, ele chegou a declarar imposto de renda, tirou Carteira Nacional de Habilitação (CNH), fez cartão de vacina e abriu conta bancária.

Sobre o remédio, Souza disse que recebia de doação de empresas da região e que dava para quem precisava na Vila. Afirmou ainda que não ganhava dinheiro ao doar o medicamento, e que a contribuição que recebia dos moradores era utilizada para financiar ações na comunidade.

Empresário

Duas empresas - Vertex e Construtora Vila Mar - estão registradas no nome verdadeiro do homem, Sebastião Nascimento de Souza. Contudo, também atuavam de maneira ilegal. Os funcionários não tinham as carteiras de trabalho assinadas para não pagar impostos. Souza contou que mantinha as carteiras de trabalho em sua casa para casos especiais. Se um funcionário se acidentasse durante o serviço, ele assinaria a carteira com data retroativa para que o trabalhador ficasse assegurado.

A Delegacia Especializada em Falsificação e a Polícia Federal continuam realizando investigações sobre Souza, mesmo com a prisão em flagrante, pela farsa dos documentos. Ele está detido no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) de Contagem por falsificação de documento público, uso de documento falso, porte ilegal de arma e exercício ilegal da profissão, relacionado aos medicamentos repassados.

O inquérito quanto às agressões à ex-mulher ainda está em andamento.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 135 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal