Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

29/05/2013 - Região Noroeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresa contratada pelo candidato Leandro é denunciada à polícia por possível fraude


A empresa Alvorada Pesquisa Ltda - ME, com sede em Londrina/PR foi denunciada a policia de General Salgado por possível fraude na colheita de dados ocorrido na tarde desta terça-feira, dia 28. Três entrevistados e um motorista de um carro da empresa foram conduzidos ao Plantão Policial depois de serem acusados e anotarem em alguns formulários o nome e endereço dos entrevistados. Essa prática é vedada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

A pesquisa, que custou R$ 8 mil, foi contratada pelo atual prefeito em exercício, Leandro do Correio, que ocupa o cargo já que era presidente do Legislativo quando novas eleições foi decretada em General Salgado. Além dele, outros três candidatos disputam às eleições suplementares que ocorrerá no próximo domingo, dia 2 de junho.

A empresa contratada informou que seria feito 300 entrevistas, com um questionário de mais de 18 perguntas que seria aplicado a cada eleitor abordado, mas os entrevistadores estavam maquiando o questionário e só perguntavam aos entrevistados três perguntas, além disso, estavam identificando em todas as residências o número de eleitores, o que cientificamente é incorreto.

O autor da denúncia foi David José Martins Rodrigues, salientou ainda que houve fraude e que se cada entrevistador estivesse fazendo todo o questionário, o que segundo testemunhas não estavam, conseguiria fazer no máximo três entrevistas por hora então em oito horas de trabalho cada entrevistador conseguiria um total de 24 entrevistas, os três juntos fariam em um único dia cerca de 70 entrevistas. Eles gastariam quatro dias para terminarem o trabalho de campo e posteriormente fariam a apuração dos questionários para que se tenha o resultado final da pesquisa e seus devidos relatórios, o que cientificamente nos questionários, contém variedades de perguntas tais como, divisão por sexo, idade, nível econômico, grau de instrução, idade, e outros itens mais a serem analisadas.

O denunciante também pediu para que uma cópia do Boletim de Ocorrência fosse remetida a Justiça Eleitoral de General Salgado pra devidas providências. A pesquisa estaria agendada no TSE para ser divulgada no próximo dia 31 de maio.

Os acusados de fraude informaram no B.O. nº 212/2013 que somente entregariam os formulários em juízo alegando que os dados contidos são sigilosos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 172 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal