Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

23/05/2013 - O Estado de Minas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude em ponto eletrônico na Câmara de BH vira caso de polícia

Por: Alice Maciel

Delegados e representantes do Ministério Público acompanham perícia e recolhem imagens do plenário nos dias em que vereador teve presença registrada apesar de estar no exterior.

A fraude na marcação de presença na Câmara Municipal de Belo Horizonte passou a ser investigada também pela Polícia Civil. Peritos e delegados estiveram nessa quarta-feira na Casa, acompanhados de representantes do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), para analisar o painel eletrônico e os postos de votação. Eles deram início às investigações para identificar o responsável por marcar presença para o vereador Pablito (PSDB) em três reuniões do mês enquanto ele estava em viagem ao exterior. Também foram recolhidas as imagens dos dias das votações.

Como mostrou reportagem do Estado de Minas publicada ontem, diferentemente do que informou a direção da Casa – que garantiu que as câmeras só fazem registros da Mesa Diretora, do microfone do pinga-fogo e da tribuna –, há imagens dos parlamentares entrando na sessão e marcando presença nos dias em que o vereador Pablito teve seu ponto marcado enquanto estava em Miami. O EM teve acesso com exclusividade a algumas dessas gravações.

Além de recolher as imagens, os peritos da Polícia Civil fizeram simulações nas máquinas instaladas no plenário que fazem a marcação do painel eletrônico. “A nossa presença é para acompanhar a perícia e fazer alguns questionamentos que vão fazer parte da investigação. Quem estava presente, quanto tempo demorou a votação, detalhes que possam ajudar a esclarecer o que foi feito aqui”, explicou o delegado-chefe da Divisão de Fraudes, Vicente Ferreira. Para tentar elucidar o caso, a polícia vai usar a relação de quem votou, o tempo e o terminal usado em cada votação e as imagens fornecidas pela Câmara.

No dia 2, o ponto de Pablito foi acionado do posto 37, às 14h50. No mesmo dia, além do tucano, o vereador Jorge Santos (PRB) registrou presença no mesmo terminal. No dia 3, o ponto de Pablito foi marcado no posto 24, às 15h07. Três segundos depois, Juliano Lopes (PSDC) registrou presença na mesma cadeira. Na sessão do dia 6, outros dois parlamentares registraram presença no terminal 37, em que foi marcado o ponto do vereador Pablito: Juliano Lopes e Preto (DEM).

Depoimentos

Segundo o delegado de Fraudes Guilherme Santos, serão levadas em consideração todas as informações levantadas pela Câmara para avaliar se haverá necessidade de chamar novamente os envolvidos para depor. “A gente está neste momento trabalhando em conjunto com o Ministério Público para agilizar as investigações”, ressaltou. Da parte do Legislativo, o caso está sendo averiguado pelo corregedor, Autair Gomes (PSC), que já ouviu os vereadores Pablito e Juliano Lopes.

O corregedor assumiu o caso depois de a Casa comprovar – a partir de auditorias feitas pela Câmara e por uma empresa privada – que não houve falha técnica no painel eletrônico e que o autor da fraude é um vereador.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 111 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal