Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

24/05/2013 - Agência Pará de Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Civil prende casal de fraudadores no município de Marabá

Por: Walrimar Santos


A superintendência da Polícia Civil no sudeste do Pará prendeu nesta sexta-feira (24) um casal na cidade de Marabá. Márcio Garcia Gonçalves e Michele da Paixão Grota são acusados de falsidade ideológica e uso de documentos falsificados. A fraude foi descoberta quando a mulher tentou abrir uma conta em uma agência bancária na Velha Marabá.

Desconfiados de Michele, funcionários do estabelecimento bancário acionaram os policiais civis, que a abordaram. Interrogada, ela se identificou como Adriana Alves da Silva e apresentou carteira de identidade falsa, o que foi constatado na verificação feita junto aos sistemas de bancos de dados da Polícia Civil. Presa, Michele delatou o comparsa, que foi preso nas imediações da agência.

Márcio Garcia Gonçalves, ao ser preso, identificou-se com nome falso aos policiais, alegando chamar-se Cláudio Pereira Rocha. Ele também apresentou uma carteira de identidade falsa. Após ser preso, ele levou os policiais civis até sua casa, onde havia vários outros documentos e objetos relacionados a diversos tipos de fraudes. "Além de vasta documentação falsificada, os policiais apreenderam carimbos de cartórios, cheques, cartões de crédito, contracheques, fotografias, tudo usado para a falsificação de documentos públicos", explicou a delegada Bruna Paolucci.

O casal foi apresentado na 21ª Seccional Urbana de Nova Marabá, para autuação em flagrante pelos crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso. No decorrer do inquérito policial, eles poderão ser indiciados pela falsificação de documentos públicos e ainda pelo crime de estelionato, se ficar demonstrado que obtiveram vantagem patrimonial sobre possíveis vítimas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 95 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal