Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

23/05/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende quatro pessoas em operação contra fraude do leite no RS

Pelo menos 113 mil litros de leite teriam adição de ureia. Alimento era armazenado de forma inadequada em um galpão.

Pelo menos 113 mil litros de leite teriam recebido adição de ureia em uma propriedade rural no interior de Rondinha, na região norte do Rio Grande so Sul.

Os irmãos Adelar Roque Signor e Antenor Pedro Signor, sócios de uma empresa transportadora, foram presos em casa. O motorista Odirlei Fogalli também foi detido.

"Isso pra mim é uma surpresa porque nós estamos cheios de dívidas. Acho que quem frauda leite tem que ter dinheiro", diz o empresário Adelar Roque Signor.

"A defesa vai se ater aos fatos e aos documentos para tomar a medida judicial cabível”, diz Marcelo Gregianin, advogado dos suspeitos.

A transportadora possui cinco caminhões. Dos três que estavam no local, um carregava cerca de 12 mil litros de leite que foram apreendidos pelos fiscais do Ministério da Agricultura. O alimento também era armazenado de forma inadequada em um galpão.

Pelo menos 70 produtores de cinco municípios do norte do estado entregavam leite para a empresa. Da transportadora saíam 20 mil litros por dia.

Onze amostras coletadas comprovaram a adulteração do leite, que era feita no caminho entre o produtor rural e a indústria. No percurso, eram acrescentados a cada mil litros de leite, 90 litros de água e um quilo de ureia com formol. Assim, o volume vendido aumentava em 10%.

Em Horizontina, o vereador Larry Jappe foi preso por suposto envolvimento na fraude. Em 18 de fevereiro deste ano, o Ministério da Agricultura já havia informado às indústrias sobre a restrição do produto fornecido por cinco empresas. Testes indicaram a presença de formol.

"Todas as indústrias serão chamadas a prestar os esclarecimentos que forem necessários para essa situação do leite no estado do Rio Grande do Sul", diz Mauro Rockembach, promotor de Justiça.

Treze pessoas já foram denunciadas à Justiça por suspeita de envolvimento no esquema de adulteração.

O Globo Rural tentou contato com o advogado do vereador preso, mas não obteve resposta. A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul instalou uma comissão de representação externa que acompanhará as investigações.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 232 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal