Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

22/05/2013 - O Documento Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mulher se passa por servidora e tenta sacar R$ 100 mil em banco de VG


Um casal de estelionatário foi preso na tarde de terça-feira (21.05) ao tentar sacar R$ 106 mil de uma servidora estadual aposentada. O caso foi denunciado a Auditoria Geral do Estado que acionou a Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública, da Polícia Judiciária Civil, semana passada, após o estelionatário Iron Miranda, 53 anos, tentar retirar o dinheiro de uma agência do Banco do Brasil, em Rondonópolis, usando procuração falsa de uma professora da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Na ocasião, o estelionatário foi até a agência originária da conta, em Rondonópolis, e só não conseguiu sacar o dinheiro porque o CPF da servidora está suspenso. O gerente desconfiou e acionou a AGE, em Cuiabá. Ele também orientou o suposto procurador a comparecer no banco com a servidora para conseguir sacar o dinheiro.

Nesta terça-feira, o estelionatário acompanhado de Deusilha Dias Moraes, 56, conhecido por “Deusa”, que se passava pela servidora, foi até agência do Banco do Brasil, da Avenida FEB, em Várzea Grande, e lá ambos foram surpreendidos por investigadores da Delegacia Fazendária quando saiam do banco.

A delegada Liliane Murata, disse que para conseguiu a procuração, autenticada em cartório, o estelionatário confeccionou uma carteira falsa de trabalho e CPF, com os dados verdadeiros da servidora pública, mas com foto da mulher, que se passaria por ela.

Com esses documentos tentou retirar o dinheiro da servidora que estava parado na conta desde o ano de 2009, quando deixou de receber os benefícios. A Polícia Civil ainda não conseguiu encontrar nenhum registro da servidora, de nascimento ou falecimento.

Conforme o delegada, o estelionatário disse que tomou conhecimento do dinheiro parado na conta por meio de uma terceira pessoa, em Rondonópolis, que foi identificada e será investigada.

Em buscas na casa dele, no bairro Poção, os policiais encontraram um computador com programa para falsificação de documentos e várias fotos, uma pasta com vários documentos e outras fotos, certidão de nascimento dele falsa, entre outros. Todo o material será encaminhado à perícia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 645 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal