Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

21/05/2013 - cidadeverde.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Motorista é preso ao oferecer R$ 40 para evitar multa da PRF no Piauí

Por: Lívio Galeno

Motorista tentou fazer conversão em local proibido quando foi abordado. Ele responderá pelo crime de corrupção ativa.

Um motorista, identificado como F.C.S.B., 54 anos, foi preso nesta terça-feira (21) ao ofertar R$ 40 a um policial rodoviário federal para não ser multado. A ação foi registrada no quilômetro 349, da BR 343, na zona urbana de Teresina.

“Ele foi abordado por nossos agentes após tentar fazer uma conversão em local proibido pela sinalização. Ao ser abordado foi requerida a documentação pessoal. Junto com documentos ele entregou duas notas de R$ 20”, conta o inspetor da PRF, Raimundo Rameiro.

De acordo com nota divulgada a imprensa, o policial que coordenava a abordagem perguntou ao motorista qual o objetivo do dinheiro. Como resposta, ele ouviu que o recurso era uma forma de “compensação” para que não fosse aplicada multa. Junto com a documentação do veículo e a pessoal, ele entregou duas notas de R$ 20.

“O motorista foi preso em flagrante sob a acusação de corrupção ativa e foi encaminhado para a sede da Policial Federal em Teresina para esclarecimentos. Lá, ele aguardará as providências da justiça”, explica Raimundo Rameiro.

O condutor dirigia uma carreta com placa da cidade de São Luís (Maranhão). A prática de corrupção ativa é prevista no Código Penal Brasileiro e pode resultar em pena de reclusão de 2 a 12 anos para os condenados por esse delito.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 100 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal