Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

20/05/2013 - Diário de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dupla é presa por fraude em vestibular

Ação aconteceu neste domingo, durante a prova para o curso de medicina de uma faculdade particular.

Dois homens foram presos na noite deste último domingo, durante os minutos finais de um vestibular em São José do Rio Preto. Eles são acusados de passarem resultados do gabarito da prova para alguns dos estudantes que concorriam a vagas no curso de medicina em uma faculdade particular na região.

Segundo a polícia militar, eles seriam membros de uma quadrilha especializada em fraudar seleções em São Paulo e Minas Gerais. Com a dupla, foram apreendidos um gabarito das provas preenchido a caneta, uma lista de instituições de ensino desses dois estados, além de equipamentos de comunicação.

Elzo Souza Barbosa, 27 anos, e Eder Lucas dos Santos, 29 anos, chamaram a atenção dos policiais por estarem se comunicando por meio de rádio em um carro estacionado, perto dos fundos da faculdade Faceres, onde as provas eram realizadas. A placa do veículo não era da cidade, o que aumentou o estranhamento.

"Quando eles estavam sendo revistados, tiveram de parar com as ligações nos telefones celulares que, em seguida, começaram a receber mensagens pedindo o resultado das provas do vestibular", explicou o sargento João dos Santos, que atendeu a ocorrência.

Após admitirem o esquema de fraude, a dupla explicou qual era o plano. O jovem de 29 anos prestou o vestibular, saiu às 18h30, e passava as respostas da prova para Barbosa. Este, transmitiria o resultado para os candidatos que teriam desembolsado um certo dinheiro e ainda continuavam no local do exame. Os dois foram presos em flagrante por fraude em concursos públicos.

Consultada sobre o caso, a direção da faculdade Faceres diz que o resultado do vestibular será mantido. Eles afirmam que o tempo desde a saída de Eder (18h30) até a abordagem policial (logo em seguida) não foi suficiente para que o gabarito fosse passado aos vestibulandos e a prova terminaria às (19h00). Além disso, a faculdade diz que o vestibular contou com seis provas diferentes.

A Faceres disse ainda que coloca em funcionamento bloqueadores de celulares e detectores de metal e não permite que os candidatos saiam com os cadernos de respostas em dias de vestibular.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 158 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal