Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

20/05/2013 - Correio do Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Justiça Federal confisca quase R$ 2 bi do crime organizado e ataca ponto sensível do tráfico

Por: Thiago Gomes

A principal estratégia é atingir a estrutura das quadrilhas pelo ataque às suas finanças.

A Justiça Federal em Mato Grosso do Sul tem perto de R$ 2 bilhões em bens confiscados do crime organizado, especialmente do tráfico de drogas e do contrabando de cigarros. São bens adquiridos pela lavagem de dinheiro, manobra onde se verifica, a ocultação (ou dissimulação), a natureza, origem, localização, disposição, movimentação ou propriedade de bens, direitos ou valores provenientes, direta ou indiretamente, de infração penal.

A informação quanto ao montante de bens tomados de organizações criminosas é do juiz Odilon de Oliveira, titular da 3ª Vara Federal de Campo Grande, especializada na repressão aos crimes de lavagem de dinheiro, e que tem jurisdição sobre todo o Mato Grosso do Sul. Uma parte desses bens está sob administração judicial e outra já leiloada.

“A maneira mais eficiente para combater o crime organizado é confiscar bens e valores das organizações. É como se fosse um golpe na espinha dorsal”, avalia o magistrado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 127 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal