Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

17/05/2013 - Jornal A Cidade Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia divulga imagem de golpista da zona Sul de Ribeirão Preto

Uma idosa teria perdido R$ 200 mil, segundo delegado.

A Polícia Civil divulgou nesta sexta-feira (17) imagens de um circuito de segurança que mostram a ação de um estelionatário no conhecido golpe do bilhete premiado. Com isso, a polícia espera conseguir reconhecer quem é o homem que vem atacando idosas na zona Sul de Ribeirão Preto.

Na semana passada, o A Cidade mostrou que sete em cada dez golpes do bilhete premiado acontecem na zona Sul de Ribeirão Preto e, em 80% dos casos, as vítimas são mulheres idosas.

O delegado titular da Delegacia dos Idosos, Luiz Geraldo Dias, diz que a última vítima foi uma idosa, que teria perdido R$ 200 mil. As imagens do circuito de segurança mostram ela entrando em uma lotérica, em um supermercado da zona Sul, logo atrás do estelionatário.

“Ele [golpista] foi a lotérica para conferir o resultado. Porém, o registro de aposta que ele tinha em mãos era falsificado”, afirmou o delegado.

Mais imagens

De acordo com o delegado, mais imagens do golpista já foram fornecidas pela Polícia Civil de São Paulo, que tinha a suspeita que criminosos já conhecidos estariam atuando na região. “Quando eles ficaram sabendo dos casos em Ribeirão, trocamos informações sobre o perfil dos criminosos”, comentou o delegado.

Golpistas andam bem vestidos e em duplas ou trios

No golpe do bilhete premiado, o vigarista pede uma orientação ou tenta vender um suposto jogo sorteado. O criminoso diz que não sabe como receber o prêmio.

“Geralmente age um casal ou dois homens e uma mulher. Os bandidos estão bem vestidos. Um aborda a vítima e os outros ficam no carro para dar cobertura e transportar a vítima”, afirma Luiz Geraldo.

Planejamento

Segundo o delegado, os criminosos procuram por vítimas com roupas de marca em centros comerciais ou a caminho de agências bancárias.

“Na avenida Nove de Julho já registrei vários casos. Geralmente, o estelionatário age na região Sul, pois ele sabe que ali tem de onde tirar. Há muitas pessoas que têm dinheiro na poupança nessa região da cidade”, comenta Luiz.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 116 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal