Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

15/05/2013 - odiario.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

MP-RS investigará envolvimento da Confepar, cooperativa de Londrina, em fraude do leite

Por: Pauline Almeida


A Confepar, cooperativa de Londrina, vendedora das marcas Polly e Cativa, será investigada pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS) por possível fraude no leite. Ela seria compradora da produção de dois entrepostos que foram alvos de busca e apreensão durante a Operação Compen$ado, realizada no dia 8 de maio.

A assessoria de imprensa do MP-RS informou, na manhã desta quarta-feira (15), que todo o leite produzido no entreposto Marasca, no município de Selbath (RS), seria comprado pela Confepar. Além disso, o médico veterinário do local, Daniel Villanova, que foi detido na operação, seria um comprador da cooperativa.

As investigações sobre a Confepar devem começar nesta semana. Até esta quarta-feira (15), não havia detalhes sobre o papel da londrinense no suposto esquema de adulteração do leite cru, com a adição de água, ureia e formol. O leite comprado pode nem mesmo ter chegado ao Paraná.

Testes foram feitos no leite da Confepar, segundo a assessoria de imprensa do MP-RS, e não houve registro de problemas. Em nota oficial, a cooperativa informou que "sempre cumpriu com rigor seus procedimentos e controles internos de qualidade, com base na legislação vigente."

Também destacou que repudia fraudes como as citadas na operação Leite Compen$ado e não havia recebido nenhuma notificação oficial até essa terça-feira (14), porém se colocava à disposição do Ministério Público e demais órgãos fiscalizadores.

O MP -RS deve fazer novas denúncias à Justiça nesta semana. Na Operação Leite Compen$ado, quatro empresas foram investigadas - Italac, Latvida, Mu Mu e Bom Gosto - e nove pessoas foram detidas, porém duas foram liberadas posteriormente.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 220 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal