Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

16/05/2013 - R7 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Após prejuízo de cerca de R$ 100 milhões, PF prende quatro por fraudar declarações do imposto de renda

Entre os detidos estão três contadores e um servidor da Receita Federal.

A Operação Publicano deflagrada pela Polícia Federal em conjunto com a Receita Federal desarticulou, nesta quinta-feira (16), uma quadrilha que agia fraudando declarações de imposto de renda da pessoa física. A estimativa é que o prejuízo superou os R$ 100 milhões. Durante a ação, quatro pessoas foram presas e sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

Em Jundiaí, no interior de São Paulo, na residência de um dos detidos, foi apreendido R$ 350 mil. Entre os acusados, estão três contadores e um servidor da Receita Federal.

Os envolvidos serão indiciados, de acordo com as suas participações, por crimes de corrupção, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. As penas podem atingir 29 anos de prisão. A operação encontrou cerca de cinco mil declarações suspeitas.

O esquema foi descoberto após a Receita Federal constatar as irregularidades nas declarações do imposto de renda de diversos contribuintes, de 2010 a 2012.

A investigação apontou que a fraude envolvia contadores que encaminhavam as declarações dos contribuintes com valores de deduções, despesas médicas e odontológicas incorretos com o objetivo de recolher imposto menor e receber restituições indevidas. Os clientes eram em sua maioria profissionais liberais como médicos, dentistas e advogados.

O esquema era viabilizado por um servidor lotado no setor de Malha Fina da Pessoa Física da Delegacia de Fiscalização de São Paulo. O funcionário monitorava as declarações fraudulentas e, dessa forma, impedia que fossem fiscalizadas.

A ação contou com a participação de 28 policiais federais e 12 servidores da Receita. A operação é resultado de um convênio firmado para combater crime de corrupção e fraudes fiscais.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 217 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal