Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

11/05/2013 - Gazeta de São João del Rei Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Civil investiga casos de falsificação


Em quatro meses, São João del-Rei foi cenário para seis casos de falsificação de notas descobertos pela polícia. Isso significa que, a cada mês, pelo menos uma ocorrência desse tipo de crime foi registrada na cidade. Segundo o delegado Luiz Carlos Ferreira Pires, da Delegacia de Falsificação e Defraudação local, ainda não se pode dizer que o crime de falsificação monetária seja comum no município, mas os dados acumulados no primeiro semestre de 2013 já superam a média de 2012. No ano passado foram registradas nove ocorrências de falsificação em 12 meses.

Em geral, notas falsificadas copiam cédulas com altos valores, como R$50 – Foto: Reprodução / Internet

Investigações

De acordo com o delegado, todas as incidências estão sendo investigadas. Inclusive a mais recente, flagrada no início de maio. “Dentro desse montante, temos dois suspeitos que, inclusive, podem estar ligados a casos de falsificação que chegaram até nós em 2012. Não sabemos, ainda, se eles agem sozinhos ou contam com a participação de outros envolvidos que podem ser, por exemplo, responsáveis pela impressão das notas. Elas, aliás, se apresentam em material muito grosseiro nas situações verificadas em São João del-Rei”, explicou o delegado.

As marcas d’água também costumam “sumir” no verso das notas falsas e o tamanho da célula pode diferir, sendo menor do que as originais. “É bom que o comerciante tenha uma nota guardada para compará-la. Ajuda a evitar problemas também”, disse.

Cuidados

Além de qualidade duvidosa das notas, outra característica comum nos crimes de falsificação está na forma como as cédulas passam a circular no mercado e garante dinheiro extra para os golpistas. “Normalmente essas pessoas procuram estabelecimentos com poucos funcionários ou extremamente lotados, de modo que possam fugir facilmente caso a vítima perceba o truque”, comentou Pires.

Outro fator de observação é o fato de que os envolvidos na falsificação costumam adquirir itens de baixo valor e pagá-los com notas de R$50 ou R$100. “Eles lucram com o troco do comerciante na compra fraudulenta. Por isso escolhem objetos baratos e sacam cédulas altas”, explicou. Para evitar prejuízos ou mesmo constrangimentos de clientes reais, a dica dada pelo delegado aos comerciantes é a cautela. “Um procedimento simples é pedir, antes de entregar o troco, que o suposto comprador entregue documentos de identificação ao comerciante. Como o criminoso não quer ser identificado, ele provavelmente vai recuar e inventar uma desculpa”, frisou Pires.

Há ainda outro detalhe importante. O crime de falsificação de moeda, descrito no Artigo 289 do Código Penal, prevê de três a 12 anos de prisão, além de multa, também para quem recebe a nota, percebe a falsificação e a passa adiante.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 316 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal