Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

10/05/2013 - O Estado de Minas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Vereadores de BH ameaçam paralisar as votações por causa de fraude em ponto

Por: Alice Maciel


O pianista da Câmara Municipal de Belo Horizonte pode comprometer ainda mais o ritmo da Casa, que segue em compasso lentíssimo desde o início do ano. Enquanto o responsável por marcar a presença do vereador Pablito (PSDB) – quando ele estava em Miami – não é descoberto, os parlamentares, que suspeitam também de erro no painel eletrônico, ameaçam paralisar as votações.

E pior. Sem imagens das reuniões, a fraude no painel pode acabar em pizza. Contrariando o que informou na quarta-feira o presidente da Casa, vereador Léo Burguês (PSDB), a assessoria de imprensa da Câmara garantiu ontem que não há câmeras de vigilância dentro do plenário. Os equipamentos instalados no local servem apenas para a transmissão ao vivo da TV Câmara, segundo a assessoria.

As imagens dos três dias em que foi registrada a presença de Pablito mesmo com ele ausente só mostram a Mesa Diretora ou os vereadores falando no microfone. Elas estão disponíveis no portal do Legislativo na internet, no link TV Câmara. O painel eletrônico registrou a presença do parlamentar na quinta-feira às 14h50; na sexta-feira às 15h07; e na segunda também às 15h07. O vereador informou que nos três dias ele não compareceu às reuniões porque estava em Miami para acompanhar um familiar que está em tratamento de saúde.

“Isso cria na Casa completa suspeita sobre tudo. A gente não pode sequer votar porque está tudo sob suspeita. Não é um problema de partido, é um problema do Parlamento”, afirmou Gilson Reis (PCdoB). Os vereadores petistas Arnaldo Godoy e Pedro Patrus também falaram a respeito do assunto e pediram que o caso seja esclarecido com agilidade. Em resposta aos colegas, o secretário-geral da Casa, vereador Leonardo Mattos (PV), afirmou que a fraude já está sendo investigada e disse ainda ser contra a paralisação das votações.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 95 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal