Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

03/05/2013 - Agência Ecclesia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Nigéria: País está ameaçado pela corrupção e insegurança, denuncia cardeal


Lisboa, 03 mai 2013 (Ecclesia) – O cardeal John Onaiyekan, arcebispo de Abuja, disse ao Comité dos Negócios Estrangeiros do Parlamento Europeu que a Nigéria é país minado pela “corrupção e violência religiosa”.

A denúncia foi feita em Bruxelas, durante um encontro promovido pela fundação pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), que juntou ainda o bispo Matthew Hassan Kukah, de Sokoto.

“Os dois líderes religiosos procuraram sensibilizar os dirigentes europeus para a terrível realidade que se vive neste país, um dos três considerados prioritários pela União Europeia na África subsaariana, além do Quénia e da África do Sul”, refere a AIS, em comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA.

Os prelados, que também se reuniram com elementos da Comissão Europeia, fizeram notar que a Nigéria não pode ser considerada como um país pobre, tanto mais que tem vindo a receber ajuda da comunidade internacional.

“A corrupção e a má gestão fazem com que muita dessa ajuda não chegue às populações” e promovem um sentimento “de insegurança”, precisaram.

A combinação da pobreza, desconfiança e a existência de muitas armas originárias na Líbia, “fazem a tensão crescer exponencialmente”, disse o cardeal Onaiyekan.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 58 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal