Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

07/05/2013 - Folha de Campo Grande Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ministro da Saúde apura fraudes em hospitais


Após a denúncia de fraudes no Hospital do Câncer ser repercutida no programa Fantástico, da Rede Globo, no último domingo, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, desembarcou em Campo Grande para apurar o escândalo que se tornou conhecido nacionalmente. Uma reunião com o prefeito Alcides Bernal, a secretária estadual de Saúde, Beatriz Dobashi e técnicos da Secretaria Municipal de Saúde formalizou uma força tarefa para apurar o caso.

O Hospital do Câncer Alfredo Abrão e o hospital Universitário (HU), são os alvos da investigação, sobre um suposto esquema de fraude em licitações e desvio do dinheiro do Sistema Único de Saúde.

O ministro desembarcou na Base Aérea de Campo Grande por volta das 21 horas e disse que técnicos do Departamento Nacional de Auditoria do Sistema Único de Saúde (Denasus), da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e da Secretaria de Assistência à Saúde permanecerão por pelo menos 30 dias nos hospitais. Depois, será definida se a permanência será estendida.

Neste período, vão verificar se foram acatadas as recomendações feitas em auditorias desde 2010 que apontaram irregularidades, entre elas cobrança indevida de procedimentos oncológicos. “Também será averiguado se houve desvio de dinheiro público por parte dos diretores e como está o tratamento aos pacientes”, disse.

Padilha seguiu para reunião com diversas autoridades, entre elas a secretária estadual de Saúde, Beatriz Dobashi, o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), secretário municipal de Saúde, Ivandro Fonseca, além de vereadores. Também estava presente a reitora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Célia Maria Silva Corrêa Oliveira, pois a instituição administra o HU. O encontro aconteceu a portas fechadas. Hoje, o ministro fará visita aos hospitais.

A força-tarefa foi criada “com o objetivo de garantir a segurança dos pacientes e combater o desperdício de recursos públicos” e será oficializada com publicação nesta terça-feira (7) em Diário Oficial.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 272 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal