Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

19/04/2013 - Araruna Online / Portal Correio Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Juiz denuncia que teve assinatura falsificada dentro de fórum no Curimataú Paraíbano

Por: Hyldo Pereira

O delegado João Joaldo revelou que os documentos serão submetidos a exames grafotécnicos no Instituto de Polícia Científica (IPC) de Campina Grande, na próxima segunda-feira.

O juiz de direito da comarca da cidade de Picuí, no Curimataú paraibano, Mário Lúcio, prestou queixa na delegacia regional da Polícia Civil, nesta sexta-feira (19), comunicando que sua assinatura foi falsificada em oito processos judiciais. O crime teria ocorrido dentro do fórum da cidade.

De acordo com o delegado regional João Joaldo, o magistrado constatou a fraude nas assinaturas concernentes a processos envolvendo empréstimos consignados. “O juiz trouxe cópias originais de oito processos e dá pra constatar uma falsificação grosseira nas assinaturas”, afirmou.

O delegado revelou que os documentos serão submetidos a exames grafotécnicos no Instituto de Polícia Científica (IPC) de Campina Grande, na próxima segunda-feira (22). “Os documentos serão periciados para constatar cientificamente se houve a fraude. Vou designar um delegado especial que vai investigar para saber quem foi o responsável pelas falsificações. Um inquérito policial será instaurado”.

No final de março deste ano, o Jornal Valor Econômico de São Paulo denunciou que a Paraíba estava entre os sete estados envolvidos numa verdadeira indústria de liminares possibilitando calotes em bancos que oferecem crédito consignado ao setor público, a exemplo da Marinha, Aeronáutica, INSS, governos estaduais e prefeituras municipais.

De acordo com a publicação, na Paraíba, as cidades de Picuí e Barra de Santa de Rosa seriam o epicentro da fraude. À época, Mário Lúcio era o juiz responsável pelas duas cidades. Picuí recebeu mais de 5 mil ações revisionais de empréstimo consignado nos últimos dois anos.

Em entrevista a imprensa paulista, o juiz Mário Araújo confirma que concedeu “diversas liminares” para suspender o pagamento de parcelas do consignado, mas fala que derrubou as decisões ao verificar que os fatos “não correspondiam” ao que era sustentado no processo. O magistrado revelou que “não tem conhecimento de fraude”, mas que “pode até ter sido enganado por advogados”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 110 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal