Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

25/04/2013 - Alagoas 24 horas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Deputado diz que única pessoa ganhou 107 prêmios da loteria e quer CPI


O deputado federal Anthony Garotinho (PR) defendeu nesta quarta-feira, durante sessão plenária na Câmara, a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a lisura das loterias administradas pela Caixa Econômica Federal (CEF). Segundo o parlamentar, o assunto é grave e sério, pois trata-se do uso das loterias federais para lavagem de dinheiro.

Garotinho afirmou que pretende coletar assinaturas para a abertura da CPI. “Tenho dados que são da própria CEF dando conta que uma única pessoa ganhou 550 vezes na loteria. É real. Outra 327 vezes, 206 vezes, 107 vezes. Todos os casos são escabrosos. O mais grave, no entanto, é o de uma pessoa que ganhou 107 vezes em um mesmo dia em sete modalidades de loteria em vários estados da federação. O que está acontecendo é lavagem de dinheiro”.

Na opinião do deputado, o dinheiro entra sujo na CEF e é devolvido limpo para aquele que ganha de forma ilícita. “A Câmara não tem o direito de se omitir e a Caixa tem que responder. O Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) identificou 75 pessoas que estariam envolvidas em situação irregular de ganhos suspeitos junto à CEF. O conselho não disse quem seriam essas pessoas, mas que o valor girava em torno de R$ 36 milhões”.

Para Garotinho, o cidadão que entra na fila para fazer a aposta merece respeito. “São milhões de brasileiros que apostam honestamente semanalmente. Isso não estaria ocorrendo se não houvesse coisa errada dentro da própria instituição. Não é apenas manipulação de jogo, mas lavagem de dinheiro. A probabilidade de uma pessoa ganhar é de uma vez em 400 anos. Se o fato de um cidadão ganhar 500 vezes não for fraude, ele é muito abençoado”, disse o parlamentar, destacando que não iria relembrar, mas já houve casos de deputados envolvidos em lavagem de dinheiro através das loterias.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 441 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal