Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

22/04/2013 - D24am Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Eleitores aprovam sistema biométrico como forma de evitar fraude eleitoral

Por: Dhyene Brissow

O cadastramento das digitais do eleitorado do Amazonas começou por Presidente Figueiredo, cidade em há histórico de problemas no cadastramento eleitoral.

Manaus - A auxiliar de serviços gerais, dona Celina Carmo Medeiros, 53, foi a primeira eleitora no Amazonas a ter a digital cadastrada no sistema biométrico da Justiça Eleitoral, que teve início nesta segunda-feira no município de Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros ao norte de Manaus). A cidade é primeira do Estado a receber o redacastramento do eleitorado pela tecnologia de identificação digital.

Depois de ter cada dedo das mãos cadastrados pelo scanner, dona Celina aprovou o sistema. “Fácil né?! Muito bom!”, disse. Para ela, a novidade vai por fim às fraudes eleitorais. “Até a última eleição, muita gente que não mora aqui votou”, disse.

O funcionário público, Aluísio Tadeu Nunes, 60, foi o segundo eleitor a ter suas digitais registradas no sistema. “Isso vai tirar Presidente Figueiredo da fraude no voto. Pela proximidade com Manaus, muita gente fraudava aqui, mas isso vai acabar”, disse.

Segundo o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Flávio Pascarelli, o município foi escolhido porque “sempre apresentou problemas no cadastramento eleitoral”. Em 2007, durante uma revisão no eleitorado, foram identificados pelo menos 5 mil cadastros de pessoas que não tinham residência fixa no município, o que corresponde a 32% da população.

Por conta das fraudes, o cartório eleitoral adotou a prática de visitar eleitores recém cadastrados ou que pediram transferência do seu título para o município, o que será mantido mesmo com a biometria, segundo o chefe do Cartório daquela cidade, Antônio Carlos Moreira. “Agora vamos ter certeza de que o resultado das urnas corresponde ao eleitorado local”, disse a corregedora do TRE, desembargadora Socorro Guedes.

Pascarelli estima que a biometria dará celeridade à votação, além de reduzir filas e o número de pessoas que deixam de votar. “Em Porto Velho a abstenção diminuiu de 15%, sem a biometria, para 10% na última eleição, já com o sistema biométrico”, disse.

Segundo o gerente da biometria do TRE-AM e diretor do Centro de Atendimento ao Eleitor (Cate), Ivan Vieira Júnior, o cadastramento no município será feito em duas fases nos próximos dois meses. A primeira com cadastramento geral da população que comparecer nas bases do TRE e a segunda em locais específicos, onde houver falta de comparecimento dos eleitores.

O TRE também terá três bases nas zonas rurais, nas comunidades Rumo Certo, Balbina e Pitinga, e estima registrar pelo menos 7 mil eleitores nessas localidades. Na sede do município, o cadastramento será feito no cartório eleitoral e no Instituto de Ciência e Tecnologia do município (Ifam). A previsão é que 19 mil pessoas sejam registradas.

Nesta segunda-feira foram realizados registros de pelo menos cem pessoas convidadas pelo cartório eleitoral para testar o equipamento, segundo Vieira. “É uma amostra para ter uma noção das dificuldades que vamos enfrentar”, disse.

Foram convidadas pessoas de diferentes áreas sociais, de agricultor a gestores do município. O prefeito Neilson Cavalcante (PSB) também fez o registro biométrico.
O cartório eleitoral dispõe de 18 pontos de cadastramento, sendo oito para colher as digitais e dez para registro de dados. Ao término dos dois meses, duas bases biométricas permanecerão no cartório para atender o município. O mesmo será feito nas outras sete cidades da Região Metropolitana que receberão a nova tecnologia.

Careiro da Várzea (a 25 quilômetros a leste de Manaus) será a próxima cidade a passar pela revisão biométrica, a partir de maio, segundo o diretor-geral do TRE, Henrique Levy.

Os municípios de Itacoatiara, Iranduba, Novo Airão, Manacapuru e Rio Preto também terão o eleitorado revisado com a tecnologia de identificação digital até maio do ano que vem.

Parceria com prefeitura vai reduzir custos

Para reduzir os custos da implantação da biometria no Amazonas, o TRE firmou parceria com as sete prefeituras dos municípios que fazem parte do cadastramento piloto. Em Presidente Figueiredo, 50 servidores efetivos da prefeitura foram cedidos à Justiça Eleitoral.

Segundo o diretor-geral do TRE, Henrique Levy, o TSE estipulou um limite de até R$ 6,83 por eleitor para a implantação do sistema biométrico, o que custaria ao TRE pelo menos R$ 1.398.251 para o cadastramento dos eleitores das sete cidades. Com a parceria, o custo será reduzido para R$ 1.064.398,40. Uma economia de R$ 333,8 mil.

Segundo a vice-presidente e corregedora do TRE, desembargadora Socorro Guedes, a medida “não implica em nenhum risco para o cadastramento biométrico”. “O Brasil inteiro está trabalhando desta maneira porque a Justiça Eleitoral não tem recursos suficientes. Não tem possibilidade de fraude”, disse.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 108 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal