Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

19/04/2013 - JC Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF prende acusados de formar quadrilha para clonagem de cartões em Pernambuco e na Bahia


Nove pessoas foram presas em Pernambuco e na Bahia, nessa quinta-feira (18), através da Operação Oceania, acusadas de integrar uma quadrilha especializada na clonagem de cartões de crédito nos dois estados nordestinos. Com os acusados, foram apreendidos computadores, documentos falsos e máquinas de crédito e débito.

De acordo com a Polícia Federal (PF), responsável pela ação, o grupo usava máquinas "chupa-cabra", muitas vezes instaladas sem o consentimento dos lojistas, para obter os dados dos cartões e produzir o clone. As investigações, que duraram mais de um ano, apontaram que a quadrilha também abriu empresas em nome de "laranjas".

Ainda fazia parte da rede de crimes o desvio de correspondências de cartão de crédito por funcionários dos Correios para a quadrilha, facilitando a liberação do limite do cartão para compras com dados das pessoas. Os golpes eram aplicados no comércio e na internet.

O alvo da operação no Recife foi o vendedor de produros alimentícios Arthur Guedes da Silva, 36 anos, que mora em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Na casa dele, foram apreendidos, máquinas de crédito e de débito, cartões magnéticos, disco rígido de computador, além de diversas correspondências de cartão de crédito expedida pelas operadoras de diversas bandeiras.

O acusado negou, em depoimento, ter participado do crime. No entanto, a PF afirma que ele foi responsável pela instalação de maquinas de cartões em lojas do Shopping Center Recife, na Zona Sul do Recife, para capturar as trilhas e senhas dos cartões, podendo, assim, roubar os valores do limite de crédito e da conta bancária dos clientes.

Arthur Guedes foi indiciado por furto qualificado mediante fraude. Caso seja condenado, poderá pegar penas que variam de um a quatro anos de reclusão. O acusado foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem (Cotel), no Grande Recife, onde ficará à disposição da Justiça Federal.

A Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos da PF também cumpriu um mandado de busca e apreensão no Recife, no bairro do Ibura, na Zona Sul. Outros sete foram cumpridos em Feira de Santana e seis em Salvador, na Bahia. A ação ainda conseguiu prender quatro pessoas em cada uma das duas cidades, que foram indiciadas por formação de quadrilha e furto qualificado mediante fraude.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 282 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal