Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

11/04/2013 - Midiamax Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Investigação de fraude na CNH aponta participação de banca examinadora do Detran

Por: Graziela Rezende


As investigações do Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) com relação ao possível envolvimento de servidores do Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul), na comercialização de falsas CNH´s (Carteira Nacional de Habilitação), já apontaram a participação de uma das 20 bancas examinadoras existentes no ‘esquema’.

Sem citar nomes, o promotor Marcos Alex Vera, diz que são estas pessoas quem avaliam as provas práticas dos alunos, porém eles nem chegavam a comparecer ao órgão. E, mesmo assim, recebiam a aprovação e em seguida a CNH. Já os clientes têm idade entre 30 e 50 anos, residentes em sua maioria nas zonas rurais e semi-analfabetos.

A prova teórica é terceirizada. No interior do Estado, de acordo com a assessoria de comunicação do órgão, são cinco bancas por semana, composta de seis a oito examinadores que são escolhidos em escala prévia.

“Após o recolhimento de uma série de documentos para comprovar as fraudes, a fase agora é de confrontar os depoimentos dos sete suspeitos presos na terça-feira (9), durante a operação ‘Risco Duplo’ e colher provas”, afirma ao Midiamax o promotor.

Nesta quinta-feira (11), em entrevista a imprensa, o diretor do Detran/MS, Carlos Henrique dos Santos Pereira, disse que já pediu ao Ministério Público Estadual uma posição sobre as investigações. Ele também afirma que suspendeu o cadastro das auto-escolas de Anastácio, município distante a 134 quilômetros da Capital.

Elas pertencem aos irmãos Elcilande, Elcivar e Elcimar Serafim de Souza, dois deles advogados que defenderam fraudadores em 2011 e que estão presos temporariamente. “Os clientes destas auto-escolas podem entrar em contato com o Detran/MS e pedir a transferência dos prontuários sem custo algum”, diz o presidente.

Indícios 'fortes'

Com relação ao Detran do Mato Grosso, o promotor ressalta que os indícios do envolvimento de servidores e até mesmo diretores são ‘ainda mais fortes’. De Cuiabá, foi trazido de helicóptero por homens da PRF (Polícia Rodoviária Federal), Ivan Costa dos Reis, 43 anos, apontado como um dos chefes da quadrilha. Ele permanece preso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 279 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal