Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

03/04/2013 - Midiamax Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude em cartão de ponto no Samu incluia hora extra, dizem médicos


Médicos afastados por supostamente participar de um esquema de fraudes em cartões de ponto, com o uso de dedos de silicone, no Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), em Ferraz de Vasconcelos (Grande São Paulo), afirmaram nesta quarta-feira (3) que o ex-coordenador do serviço também usava o método para criar horas extras não trabalhadas.

Em depoimento à CEI (Comissão Especial de Inquérito), que investiga o caso na Câmara de Ferraz de Vasconcelos, Ronnie Munis de Oliveira e Rodrigo Gil de Castro disseram que o dinheiro das horas extras era transferido integralmente pelos profissionais para o ex-coordenador Jorge Cury.

Em média, o valor repassado com as horas extras era de R$ 3.000 mensais por médico. Os médicos também afirmaram que Cury confiscava parte do 13º salário de um dos profissionais.

Os dois profissionais também confirmaram a versão da médica Thauane Ferreira, que chegou a ser presa, em 10 de março, ao bater o ponto dos colegas com o dedo de silicone, de que Cury era o mentor do esquema e de que a fabricação dos dedos de silicone teria sido feita por ele.

Ela foi presa e indiciada por formação de quadrilha e falsificação de documento, mas acabou liberada no mesmo dia por conta de um habeas corpus.

Segundo o presidente da comissão, Roberto de Souza (PMDB), os três médicos deram versões parecidas para o fato e se comprometeram a entregar documentos que corroborem a versão.

"Esse é o fato novo, o pagamento das horas extras, que era feitas pelo mesmo sistema", disse.

Procurados, nenhum dos dois médicos foi localizado para comentar o assunto. A reportagem também ligou para Jorge Cury, mas ele não atendeu às ligações nem retornou ao recado deixado em sua secretária eletrônica.

Em depoimento do Ministério Público, ele afirmou que sabia do esquema de fraude, mas que nunca havia se beneficiado dele.

O caso

Na primeira semana de março, a Guarda Municipal de Ferraz de Vasconcelos recebeu uma denúncia de que servidores do Samu estariam tendo o ponto batido por colegas sem que fossem trabalhar.

A partir de então, a guarda procurou o MPE (Ministério Público Estadual), que autorizou a captação de imagens do esquema como forma de provar a irregularidade.

Em 10 de março, uma equipe de guardas se deslocou para a prefeitura, onde os servidores do Samu batem o ponto e, por volta das 7h, flagrou Thauane marcando o ponto eletrônico para colegas.

Com ela, foram apreendidos seis dedos de silicone, utilizados para fraudar o ponto, e comprovantes impressos no nome dele e de outros três colegas de trabalho, que não estavam presentes, pelo equipamento que controla o horário dos funcionários.

Segundo a denúncia que está em apuração no MPE, Cury é acusado de liderar um esquema de fraude ao ponto de médicos e profissionais que prestavam serviço no Samu. A cada plantão não cumprido, Cury receberia R$ 1.200 por médico.

A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos afastou sete profissionais e determinou apuração interna.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 83 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal