Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/11/2007 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presa quadrilha responsável por fraude de R$ 30 milhões


RIO - Uma fraude de mais de R$ 30 milhões contra o sistema financeiro do Rio de Janeiro, envolvendo a venda de mais de 500 veículos, foi descoberta por policiais da 96ª DP - Miguel Pereira. Cinco pessoas foram presas e 32 carros aprendidos nos municípios de Miguel Pereira e Três Rios. Três envolvidos ainda estão foragidos. A investigação que começou a desarticular a quadrilha iniciou na segunda-feira.

A Justiça local, além de expedir mandados de prisão para os criminosos, determinou também a busca e apreensão de documentos e computadores que eram usados pelos estelionatários. Segundo os agentes, também estão envolvidos na fraude milionária operadores de financeiras que aprovavam os créditos fraudulentos.

Os agentes informaram que os estelionatários tinham em seus computadores mecanismos para emissão de carteiras de identidades, autenticação de bancos, comprovantes de residências, contra-cheques, contratos de locações, entre outros documentos, que estavam em cerca de 680 envelopes apreendidos. Foram apreendidos computadores que serão periciados.

Os fraudadores conseguiam financiamentos juntos aos bancos em nome de terceiros.As vitimas só descobriam que seus dados foram usados pelos estelionatários quando recebiam boletos bancários para pagamento do suposto financiamento para aquisição de carro. Os policiais de Miguel Pereira desarticularam a quadrilha após uma denúncia feita na segunda-feira passada por uma vitima que teve seus dados usados em um financiamento.

Com base nas investigações, a Justiça de Miguel Pereira decretou a prisão de Arthur Frazão Pires, 41 anos, Fábio Machado da Motta, 39, Fernando Monsores da Silva, 26, João Carlos da Silva Santos, 45, e Glauco Dias de Souza, 33, que foram cumpridas na quinta-feira (31/10). Mais três integrantes do bando tiveram prisão decretada. Doze carros foram apreendidos em Miguel Pereira e outros vinte em Três Rios.

De acordo com a delegada Roberta Carvalho da Rocha, os estelionatários usavam a agência Manuele Auto-Center, estabelecida em Três Rios, para conseguirem os financiamentos nas instituições . A empresa estava legalizada e recebia o dinheiro da suposta venda do carro, e repassava para os falsos agenciadores.

Os golpistas não tinham agências de carros legalizadas, mas improvisavam. Eles colocavam os veículos nas calçadas, em Miguel Pereira, e faziam as negociações fraudulentas. Além desse município, a quadrilha também agia em Paty de Alferes, na região.

Os agentes acreditam que outras instituições foram lesadas que serão identificados durante as investigações. Os presos e os carros serão apresentados pela delegada a partir apoiuo do corrdenador e do Departemto de Polícia do Interior. Apresentação a partir das 10 horas na 96ª DP.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 570 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal