Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

02/04/2013 - O Estado de Minas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatário é preso ao tentar sacar dinheiro de beneficiários do INSS em BH

Por: João Henrique do Vale

A Polícia acredita que ele faça parte de uma quadrilha que atua na capital mineira.

A polícia tenta identificar uma quadrilha suspeita de aplicar golpes em bancos de Belo Horizonte para sacar dinheiro de beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Um dos integrantes do grupo foi preso depois de retirar R$ 6 mil de uma vítima no Banco Mercantil do Brasil, localizado no Bairro Sagrado Família, Região Leste da capital, utilizando documentos falsos. O estelionatário também tentou pegar um empréstimo de R$ 18 mil, mas a gerente suspeitou da atitude e acionou a Polícia Militar.

Depois de ser acionado pela gerente, diversas viaturas do 16º Batalhão foram para a porta da agência na Avenida Silviano Brandão. “Quando chegamos ele estava saindo da agência com o dinheiro. Ele não reagiu e tentou nos enganar apresentando documentos falsos”, explica o sargento Fabrício Leite. Durante a conversa com os militares, o homem acabou falando um outro nome de Clodoaldo Pereira de Souza, 64 anos, que a polícia acredita ser verdadeiro. “Ele já tem passagens por furto. Estelionatários sempre utilizam vários nomes, então, a Polícia Civil vai investigar para comprovar a veracidade dos fatos”, disse o sargento.

A gerente do banco informou que esse tipo de golpe é comum. Inclusive, a mesma agência já foi alvo dos bandidos outras vezes. “O pessoal se passa por beneficiário, consegue falsificar a carta de crédito e uma carteira de identidade e conseguem sacar o dinheiro. Quando as vítimas vão receber o dinheiro as pessoas já o sacaram. Somente esta agência já caiu outras duas vezes no golpe”, conta Fabrício Leite.

O estelionatário confessou aos policiais que iria cometer o crime a mando de outras pessoas e que receberia em troca 20% do dinheiro. “Não acreditamos muito nisso. Sabemos que se trata de uma quadrilha”, diz o sargento. Com o homem foram apreendidos documentos e um comprovante de endereço falso. No local apontado como a casa do suspeito existe uma obra que está embargada. Ele foi encaminhado para a delegacia leste.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 304 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal