Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

24/03/2013 - Portal Arcos Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Bombeiros alertam para novo golpe


Uma semana após dois homens terem sido flagrados em Divinópolis, no centro-oeste mineiro, utilizando o nome do Corpo de Bombeiros para comercializar mangueiras de botijão de gás, um novo golpe coloca em alerta bombeiros, polícia e população.

No início do mês, um homem foi flagrado pela Polícia Militar, em Montes Claros, Norte de Minas, usando uma roupa semelhante ao fardamento da corporação. De acordo com os policiais, o homem apresentava-se como bombeiro militar para aplicar os golpes, na área comercial da cidade, inclusive com cobrança de dinheiro pela prestação de serviços. A suspeita é de que uma quadrilha esteja atuando também em outras cidades da região.

Na tentativa de coibir a prática, o 7º Batalhão de Bombeiros enviou uma nota à imprensa e está alertando a população para evitar que novas pessoas sejam lesadas. A Assessoria de Imprensa da unidade lembra que é proibido a qualquer órgão público receber dinheiro para a prestação de serviços. A nota também orienta a população para, em caso de suspeita, ligar para os telefones 193 (central do Corpo de Bombeiros) ou 181 (Disque Denúncia Unificado).

Relembre outros golpes

Em fevereiro deste ano, um homem foi preso tentando vender espaço publicitário em um jornal chamado Bombeiros em Ação para empresários, em várias cidades. Ele usava o nome de uma entidade chamada Associação dos Oficiais Policiais Militares do Estado de Minas Gerais e nomes de supostos militares.

Em abril de 2011, um homem de 52 anos e um comparsa, de 31, foram presos, no bairro Olhos D’Água, em Belo Horizonte, acusado de aplicar um golpe em uma gráfica. Ele se passava por um Major do Corpo de Bombeiros para também vender espaço publicitário e financiar campanhas.
Em 2010, uma mulher de 45 anos também foi presa, em Belo Horizonte, usando fardamento semelhante ao dos bombeiros e tentando aplicar golpes no comércio.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 76 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal