Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

29/03/2013 - TecMundo / FolhaPress Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Anatel libera operadoras de celular para bloquearem aparelhos piratas

Por: Wikerson Landim

Medida começa a valer a partir de 2014 e tem como objetivo garantir a segurança dos clientes.

As operadoras de celular estão autorizadas pela Anatel a bloquearem as chamadas originadas por celulares piratas. A medida entrará em vigor no início de 2014 e, até lá, as operadoras terão que implantar um sistema tecnológico que permita o bloqueio de chamadas originadas de aparelhos clandestinos.

Segundo um levantamento realizado pela Anatel, pelo menos 20% das linhas habilitadas no país são capazes de realizar chamadas clandestinas. O objetivo da medida é garantir a segurança dos clientes que, com isso, estariam menos expostos a riscos de radiação bem como de explosão da bateria dos aparelhos. A Agência Nacional de Telecomunicações espera ainda que o bloqueio dos aparelhos piratas sirva para aumentar a qualidade das chamadas.

Entenda o bloqueio

Celulares, smartphones, phablets e tablets saem de fábrica com um número de registro chamado IMEI. Ele funciona da mesma forma que o RG de uma pessoa ou o chassi de um carro, ou seja, é o seu número de identificação. O chip habilitado pela operadora também possui um código único, chamado IMSI.

Quando o aparelho é ligado, a operadora tem acesso aos números de IMEI e IMSI, o que permite identificar quem está falando e qual aparelho esta pessoa está utilizando. Um cadastro nacional de IMEIs brasileiro será criado e cruzado com o dos chips, o já existente cadastro dos IMSIs.

Dessa forma, quando o cliente estiver realizando uma chamada, será possível à operadora identificar se o aparelho é legítimo ou não. Assim, os celulares “sem RG” poderão ser banidos de forma automática. Como o cadastro é mundial, o mesmo vale para aparelhos comprados no exterior, que vão funcionar normalmente no país.


Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 419 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal