Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

27/03/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem é preso suspeito de instalar 'chupa-cabra' em máquinas de cartão

Segundo Polícia, ele adulterava equipamentos de lojas em Florianópolis. Comerciantes que recebem visita inesperada de técnicos devem denunciar.

Um homem foi preso suspeito de aplicar golpe em comerciantes de Florianópolis. Segundo a Polícia Civil, ele visita os estabelecimentos fingindo ser técnico da Redecard, uma operadora de máquinas de cartões de crédito e débito. Dizia que precisava trocar o aparelho e acabava entregando uma máquina adulterada, com um equipamento conhecido como "chupa-cabra", que copia os dados do cartão magnético e senhas dos clientes. Algum tempo depois, o criminoso retornava e trocava os equipamentos, levando o adulterado com as informações copiadas e deixando o original.

A prisão ocorreu na noite desta terça-feira (26), em uma loja da capital catarinense. De acordo com um investigador que preferiu não ter seu nome divulgado, o caso foi descoberto depois que o dono do estabelecimento descobriu a adulteração, denunciou para a polícia e foi orientado a informar os órgãos competentes quando o falsário retornasse para buscar a máquina, o que ocorreu nesta terça.

A adulteração só foi percebida porque o falsário instalou uma máquina adulterada que apresentou problemas. O comerciante, então, ligou para a empresa responsável pela manutenção do equipamento e pediu manutenção. Quando o verdadeiro técnico chegou, descobriu o "chupa-cabra". Por este motivo, a polícia orienta os comerciantes a denunciarem, caso tenham recebido visitas inesperadas de técnicos de manutenção de máquina de cartão. "A rede não manda técnico sem o cliente ter solicitado. Todos que tiveram visitas inesperadas devem nos comunicar", salienta o investigador.

O suspeito de aplicar o golpe foi reconhecido por uma das vítimas, mas foi liberado por não ter sido preso em flagrante. "Ele foi detido na loja, mas como a máquina adulterada já estava com a gente, ele não foi pego praticando o crime", explica o investigador. No momento da prisão, o homem carregava três equipamentos originais de cartão de crédito. A partir de agora, a investigação buscará identificar o número de comércios e clientes lesados, além de saber se o crime era cometido em outras cidades de Santa Catarina.

Segundo a polícia, a empresa responsável pela operação das máquinas já foi informada. Um técnico da empresa auxiliou os investigadores repassando informações sobre os equipamentos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 89 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal