Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

31/10/2007 - TV Cidade Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem é preso utilizando indevidamente identificação da Guarda Municipal de Aracaju


Ontem, terça-feira, o diretor-geral da Guarda Municipal de Aracaju (GMA), coronel Magno Silvestre, efetuou a prisão em flagrante de um homem que utilizava indevidamente um documento de identificação da corporação. A autuação aconteceu depois que um supervisor da Prefeitura de Aracaju identificou o indivíduo utilizando o documento no terminal de integração Zona Sul. De acordo com coronel Magno, o jovem J.N. há três anos utilizava a carteira da Guarda Municipal para não pagar a tarifa de ônibus.

“No terminal da Atalaia havia um supervisor que viu quando ele e mais duas pessoas desceram do veículo apresentando o documento. Como não reconheceu o homem como integrante da GMA, imediatamente ele ligou para a central e seguiu o indivíduo. Nós interceptamos o ônibus em que ele estava, da linha Atalaia/Bairro Industrial, na avenida Paulo Barreto. Solicitamos dele o documento, que nos foi entregue e ele foi levado para a 4ª Delegacia, onde foi registrada a sua prisão em flagrante delito”, informou.

Os outros dois suspeitos não foram alcançados, pois adentraram em outro veículo. O detido vai responder por falsidade ideológica, de acordo com o artigo 299 do Código Penal. Para combater casos semelhantes, o diretor-geral da GMA anunciou que, conforme imediata solicitação do prefeito Edvaldo Nogueira, será criado um novo modelo da identificação, para dificultar a falsificação.

“Nós já estamos urgentemente criando um novo modelo de carteira, para que possamos trocar de todos os guardas municipais. Também faremos um maior controle, com tarja de segurança, para que não possam ser copiadas. Faremos isso o mais rápido possível”, garantiu o coronel Magno. Essa foi a quarta apreensão de documentação utilizada indevidamente ou falsificada, desde março desse ano, quando o diretor assumiu a corporação.

As outras pessoas não foram presas porque abandonaram as carteiras no momento que eram abordadas, fugindo da fiscalização. “Nós passamos a fazer um controle maior desde então e vamos manter uma investigação contínua e colocar um agente à paisana nos terminais para tentar tirar o maior número de carteiras falsas de circulação”, concluiu Magno Silvestre.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 264 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal